UMA FAMÍLIA! COATES, TRINCÃO, ISRAEL E FRESNEDA VISITARAM JOGADOR QUE CHEGOU AO SPORTING ENVOLVIDO EM POLÉMICA
Craques de Rúben Amorim aproveitaram tarde para passar tempo com antigo companheiro de equipa
Redação Leonino
Texto
13 de Fevereiro 2024, 23:02
Morten Hjulmand, Sebastián Coates, Francisco Trincão, Sporting

Sebastián Coates, Francisco Trincão, Franco Israel e Iván Fresneda aproveitaram a tarde da passada segunda-feira, dia 12 de fevereiro, para visitar Mateo Tanlongo, médio que está emprestado pelo Sporting ao Rio Ave, de Luís Freire.

Depois de uma passagem menos sucedida pelo Copenhaga, da Dinamarca, o centrocampista reforçou o emblema vilacondense com objetivo de ter mais tempo de jogo e conseguir afirmar-se para, no futuro, ser opção para Rúben Amorim em Alvalade.

De recordar que, o atleta chegou aos leões no mercado de inverno da temporada transata, vindo da Argentina com rótulo de médio muito promissor. Todavia, o jovem está muito longe de atingir aquilo que seria o seu objetivo na vinda para os verdes e brancos, mas acredita conseguir atingir o nível que demonstrou no seu país natal e que chamou a atenção do conjunto leonino, que se apressou a contratá-lo ao Rosario Central.

No entanto, a saída de Mateo Tanlongo do emblema sul-americano foi envolvida em polémica, uma vez que entrou em litígio com o clube que o formou, por ter recusado renovar contrato, de forma a poder assinar pelo Sporting a custo zero, algo que criou, na altura muita celeuma, uma vez que os responsáveis argentinos ficaram visivelmente perturbados com o que acreditaram ser uma má atitude do futebolista, alegando que estava a forçar a saída.

Nesta temporada, Mateo Tanlongo – avaliado em 2 milhões de euros – alinhou em apenas um jogo (45 minutos), durante o seu empréstimo ao Copenhaga. Na época transata, realizou 14 partidas pela equipa principal do Sporting.

Já pelo Rio Ave, o argentino soma, até ao momento, quatro partidas. Ao serviço do emblema da Vila do Conde, o médio cedido pelo Sporting já esteve em campo durante 107 minutos, quase três vezes mais do que toda a aventura na Dinamarca.

Confira:

Imagem de destaque
  Comentários