VARANDAS TERMINA SERVIÇO NO EXÉRCITO
Presidente do Sporting cumpriu segundo período de combate à covid-19
Tiago Jesus
Texto
30 de Abril 2021, 16:19
summary_large_image

Frederico Varandas regressou ao Sporting a tempo inteiro, após ser declarado o final do estado de emergência. Decretado pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o último estado de emergência termina nesta sexta-feira, 30 de abril e o Presidente verde e branco irá deixar de prestar serviço médico no exército, no âmbito da mobilização dos profissionais de saúde para o combate à pandemia.

O presidente dos leões, esteve ao serviço das Forças Armadas no decurso do período pandémico por dois momentos distintos.  A primeira vez foi em março de 2020, após Frederico Varandas ter contactado o Brigadeiro-General Jácome de Castro, Diretor de Saúde Militar do Estado Maior General das Forças Armadas (EMGFA), tendo sido colocado no Hospital das Força Armadas, em Lisboa, até início de maio.

Frederico Varandas voltou a ser chamado, desta feita em novembro do ano passado. Desde esse momento, o presidente do emblema leonino entrou em serviço noutra unidade de saúde, no Hospital Militar de Belém, em Lisboa, onde tem vindo a acumular funções executivas como presidente leonino, acompanhando sempre a comitiva leonina.

Nas redes sociais, a propósito do final desta etapa, o líder leonino deixou uma mensagem: “Hospital Militar de Belém (CAM- Centro Apoio Militar Covid19). 6 meses, mais de 30 horas por semana. Feito. A todos os camaradas militares e a todo o pessoal civil com quem trabalhei… o meu obrigado”, escreveu Frederico Varandas.

 

  Comentários