VERGONHA NACIONAL! JOGADOR DO RIO AVE CONFIRMA ALICIAMENTO DE CÉSAR BOAVENTURA PARA PERDER COM BENFICA: "PEDIU PARA...
Antigo futebolista do emblema de Vila do Conde revela proposta para facilitar frente ao clube da Luz
Redação Leonino
Texto
26 de Janeiro 2024, 18:31
César Boaventura, Benfica, Sporting

Lionn, ex-jogador do Rio Ave, confirmou esta sexta-feira, dia 26 de janeiro, ter sido aliciado pelo empresário César Boaventura para perder contra o Benfica, sendo o terceiro atleta a confirmar a abordagem do agente, depois de Cássio e Marcelo.

“Ele pediu para deixar o telemóvel no banco do passageiro do carro dele [e conversar fora do carro]. Disse que a proposta era de 80 mil euros em notas de 500 para fazer penálti e ser expulso durante o jogo”, disse o jogador em tribunal, citado pelo jornal Público.

O futebolista, que deixou o emblema de Vila do Conde em 2019 e ainda passou por Chaves, Famalicão, Trofense e Ferroviário já no Brasil, disse que a sua recusa fez a parada subir para 100 mil euros mais uma possível mudança para um clube de Espanha.

Recentemente, Cássio, referiu que o agente o tentou aliciar com 60 mil euros para facilitar frente às águias, enquanto o central de 34 anos não levou em consideração a proposta de Boaventura, uma vez que pensou tratar-se de “uma brincadeira”.

“Ele tinha interesse que o Benfica vencesse o jogo e disse para eu fazer o que tivesse de fazer. Eu disse que não, pedi que saísse do carro e ele disse que se eu não aceitasse que o Marcelo e o Lionn aceitavam”, contou o guardião brasileiro de 43 anos.

“Ele ligou e apresentou-se, perguntou se estaria interessado numa proposta de fora. Disse-lhe que aquela não era uma boa semana, que tinha jogo. Ele insistiu e disse que queria falar comigo”, recordou Marcelo, agora jogador do Moreirense.

César Boaventura é acusado pelo Ministério Público de três crimes de corrupção ativa e um crime de corrupção ativa na forma tentada, por alegadamente ter pedido aos jogadores Marcelo, Cássio, Lionn (à data do Rio Ave) e Romain Salin (Marítimo) para influenciarem os resultados das partidas dos respetivos clubes contra o Benfica, a 24 de abril de 2016 e 8 de maio de 2016.

  Comentários