VITÓRIA FRENTE AO ESMORIZ
Jogo foi mais fácil do que se podia esperar antes do início do encontro
Rodrigo Soares Fernandes
Texto
7 de Março 2020, 19:23
summary_large_image

Sporting CP e Esmoriz GC encontraram-se no Pavilhão João Rocha num jogo onde o cansaço de ter jogado menos de 48h antes para as competições europeias não se fez sentir. A equipa de Gersinho venceu por 3-0.

O primeiro ponto do encontro foi marcado pelo eterno Miguel Maia e o Sporting conseguiu criar a vantagem que levou quase até ao final deste primeiro set logo no início, quando chegou ao 6-2 e logo depois por 8-3. A equipa do Esmoriz ainda reagiu e conseguiu recuperar para uma desvantagem de dois pontos, aos 12-10, numa altura em que Miguel Maia já não estava em campo, devido a um problema no ombro direito. Com José Pedro Monteiro em campo os leões conseguiram ir mantendo a diferença, que voltou aos cinco pontos aos 16-11. Bruno Lima pediu um tempo técnico e a sua equipa reduziu para três aos 18-15, diferença que se manteve até ao 23-20, altura em que a equipa de Gersinho conseguiu dois pontos seguidos, fechando o set com um ponto de Thiago Sens.

O segundo set foi semelhante ao primeiro. Os leões começaram na frente e rapidamente conseguiram uma vantagem de três pontos (5-2). A equipa do Esmoriz ainda reagiu e reduziu para 5-4, mas os leões voltaram a fugir no marcador, passando para uma vantagem de quatro pontos aos 8-4 que durou até aos 11-7 e que voltou aos 14-10. O Esmoriz reduziu para dois, mas a vantagem subiu para cinco pontos aos 17-12 e andou pelos quatro até aos 22-18, com a equipa de Gersinho a conseguir depois fechar aos 25-19.

O terceiro set começou com o Esmoriz na frente pela primeira vez no encontro, vantagem que aconteceu no 0-1 e depois no 3-4 até ao 5-6, num ponto que provocou muitos protestos no Pavilhão João Rocha. Os leões aproveitaram a adversidade para se unir e passaram de 5-6 para 9-6, com Ángel Dennis a conseguir um às enquanto esteve no serviço. A equipa de arbitragem teve algum momento de desnorte, com ambas as equipas a protestarem muito as suas decisões e o jogo acabou por chegar ao empate a 10, entrando numa altura de ponto cá, ponto lá que durou até ao 14 igual. Depois, a equipa de Gersinho disparou no marcador até aos 19-14, com Bruno Lima a parar o jogo por duas vezes, sendo que apenas a segunda teve efeito, uma vez que Hélio Sanches serviu para fora. No entanto, a vantagem verde e branca já era elevada e o jogo terminou mesmo com vitória leonino por 25-20.

Segundo lugar na fase regular do Campeonato Honda confirmado, com os leões a já não poderem subir nem descer na classificação. Fica a faltar saber o adversário nas meias finais do campeonato, com os leões a terem uma palavra decisiva, já que vão defrontar o Sporting de Espinho na última jornada, equipa que neste momento está em terceiro.

  Comentários