AMORIM BATE PÉ POR TITULAR DO SPORTING: MUDANÇA SÓ PELO VALOR PRATICAMENTE DE… BRUNO FERNANDES
Leões pretendem realizar encaixe bastante relevante com saída do jogador verde e branco
Redação Leonino
Texto
4 de Junho 2024, 15:10
Rúben Amorim, Bruno Fernandes, Sporting

O Sporting só pretende ‘libertar’ Gonçalo Inácio por uma verba a rondar os 60 milhões de euros, valor da cláusula de rescisão do jogador. No caso, os leões pretendem fazer com o Manchester United – emblema que está na ‘pole position’ para a sua contratação -, um negócio que valha um encaixe perto do conseguido por Bruno Fernandes (65M).

Segundo volta a abordar o diário desportivo, nesta terça-feira, dia 4 de junho, deverá chegar uma oferta concreta à Direção de Frederico Varandas no decorrer dos próximos dias e, ao que parece, nem o facto de Erik ten Hag poder não continuar nos red devils deverá parar as suas intenções de levar o internacional português, que há muito têm vindo a seguir o jogador.

No caso, como tem vindo a ser referido, a estrutura do Sporting tem um plano bem claro: o ‘camisola 25’ de Rúben Amorim só sai de Alvalade por um valor equivalente à cláusula de rescisão, que está cifrada nos 60 milhões de euros. Apesar de não ser das melhores notícias para os leões, a verdade é que Varandas pretende realizar um encaixe nestes valores.

Em 2023/24, ao serviço do Sporting, Gonçalo Inácio – avaliado em 40 milhões de euros – realizou 49 encontros realizados: 32 na Liga Portugal Betclic, nove na Liga Europa, cinco na Taça de Portugal e três na Taça da Liga. Ao todo, nos 3.733 minutos que disputou, o central marcou quatro golos (dois ao Sturm Graz, um ao Vitória de Guimarães e outro ao Young Boys).

Com a Listada verde e branca, Gonçalo Inácio contabiliza 171 partidas, 15 finalizações certeiras, oito assistências e cinco títulos conquistados: dois Campeonatos Nacionais (2020/21 e 2023/24), duas Taças da Liga (2020/21 e 2021/22) e uma Supertaça Cândido de Oliveira. O internacional português tem contrato até junho de 2027 e uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros.

  Comentários