ÂNGELO GIRÃO: A MURALHA DAS BOLAS PARADAS
Depois de uma grande vitória em Barcelos e de uma exibição ainda melhor, Ângelo Girão foi a escolha incontornável do Leonino para o “Jogador da Semana”
Redação Leonino
Texto
2 de Março 2020, 11:38

“Ângelo Girão, Ângelo Girão, defende com a cabeça, com os pés e com as mãos”. Assim fica fácil perceber quem foi o escolhido para Jogador da Semana pela redação do Leonino, certo?

Ângelo André Ferreira Girão, guarda-redes da equipa de hóquei em patins do Sporting CP desde a temporada 2014/15 é, agora, também capitão da formação leonina. Se o mau feitio no rinque, mas também a sua garra, são das suas principais características, não nos podemos nunca esquecer da sua habilidade para bolas paradas – e não só!

O guardião verde e branco, reconhecido na modalidade como o melhor do mundo, fez, este fim-de-semana, mais uma exibição categórica. Falamos, claro, da importante vitória dos comandados de Paulo Freitas na deslocação ao reduto do Óquei de Barcelos, por 5-1.

Na primeira parte, o nosso número 61, hoje aqui destacado, defendeu duas grandes penalidades que se revelaram muito importantes para que os leões se pudessem manter na luta pelo título nacional. Depois deste triunfo, o Sporting CP continua na segunda posição, com 43 pontos, menos três que o atual primeiro lugar – o SL Benfica (46).

Aos 30 anos, Ângelo Girão está na sua sexta época ao serviço do Clube de Alvalade. Vindo do Valongo, depois da sua última renovação pelos leões, até 2025, admitiu mesmo: “Sinto-me em casa, sinto-me acarinhado por toda a gente. Espero continuar a retribuir com títulos”. E a verdade é que retribui, ou pelo menos tem estado presente em todos eles. Um dos obreiros da conquista da Taça CERS (2015) – tendo defendido, na final, três grandes penalidades frente ao Reus – além, depois, da Supertaça.

Mais títulos à frente… foi campeão nacional pelo Sporting CP na época 2017/18, feito que aconteceu 30 anos depois. E, por falar em anos, sagrou-se, também, campeão europeu pelos leões, 42 anos depois do Cinco Maravilha terem ganho a Taça dos Campeões Europeus. Não esquecendo, claro, a ainda recente conquista da Taça Intercontinental, todos estes títulos conquistados no Pavilhão João Rocha.

Guarda-redes indiscutível pela Seleção Nacional de hóquei em patins, Girão ganhou, ainda, por Portugal, um Campeonato da Europa (2016) e um Campeonato do Mundo (2019).

Certamente não iremos deixar de gritar pelas suas defesas nem de nos levantarmos a cada bola parada por ele defendida. A alma que leva para o rinque contagia e, ele mais que ninguém, depois de toda a evolução que tem mostrado, irá sempre merecer um: “Girão defendes tanto. Girão defendes tanto… E cada vez defendes mais!”

Fotografias de Sporting CP

  Comentários