CHELSEA PODE AFASTAR-SE DE VEZ DE PEÇA-CHAVE DO SPORTING GRAÇAS A... JORGE MENDES
Conhecido empresário está a 'mexer os cordelinhos' e, desta vez, pode significar uma boa notícia para o Clube de Alvalade
Redação Leonino
Texto
22 de Maio 2024, 13:45
Jorge Mendes, Sporting

Depois de Mauricio Pochettino ter deixando o comando técnico do Chelsea, notícia avançada nesta terça-feira, 21 de maio, Jorge Mendes parece ter oferecido aos blues… Sérgio Conceição, o que joga a favor da continuidade de Rúben Amorim no Sporting.

O jornal britânico Mirror escreve, ainda, esta quarta-feira, que são vários os nomes em cima da mesa de Todd Boehly, tais como Kieran McKenna (Ipwich Town) e Enzo Maresca (Leicester City), mas não só: também Rúben Amorim voltou a ser colocado no radar do emblema da Premier League e, agora, é a vez do treinador do Porto.

Importa recordar que Conceição renovou contrato com os dragões há menos de um menos, isto até 2028. Ainda assim, tal ligação contemplava uma cláusula que permite que o técnico português possa rescindir, sem qualquer custo associado, caso Jorge Nuno Pinto da Costa fosse derrotado nas eleições – algo que acabou mesmo por acontecer, com André Villas Boas a tomar o seu cargo.

No que toca a Amorim, apesar de não ser a escolha mais forte, o treinador do Sporting volta a ser associado ao clube inglês. No entanto, a imprensa britânica escreve que, depois da saída do argentino, existem “preocupações” da direção londrina na adequação do técnico ao “perfil tático” da equipa.

O Chelsea, refira-se, terminou a temporada de 2023/24 no sexto lugar da Premier League com 63 pontos somados, tendo falhado a conquista da Taça de Inglaterra e da Taça da Liga inglesa. O treinador argentino deixa o comando técnico do Chelsea ao fim de uma temporada, na qual totalizou 26 vitórias, 11 empates e 14 derrotas, entre todas as competições.

Ao comando do Sporting, Rúben Amorim conquistou cinco títulos: dois Campeonatos Nacionais (2020/21 e 2023/24), duas Taças da Liga (2020/21 e 2021/22) e uma Supertaça Cândido de Oliveira (2021). O treinador tem contrato com o Clube de Alvalade até junho de 2026 e uma cláusula de rescisão de 20 milhões para emblemas estrangeiros e 30 para clubes nacionais.

  Comentários