E AINDA BEM! BARCELONA VINHA À CAÇA DE PEÇA FUNDAMENTAL DO SPORTING, MAS, AFINAL, 'JÁ NÃO SERVE': "TEM POUCA EXPERIÊNCIA"
Alto responsável do emblema espanhol falou sobre elemento do Clube de Alvalade
Redação Leonino
Texto
9 de Fevereiro 2024, 12:58
Francisco Trincão, Barcelona, Rúben Amorim, Sporting

O Barcelona está numa verdadeira corrida contra o tempo para encontrar um substituto para Xavi. O treinador já anunciou que vai sair do clube no final da época e a responsabilidade agora recai sobre o presidente Laporta e o diretor desportivo, Deco. Rúben Amorim, técnico do Sporting, está em cima da mesa, mas pode não servir.

Em entrevista ao jornal semanário ‘Nascer do Sol’, o antigo internacional luso, que jogou pelo Porto, reconhece que, “para já, todas as hipóteses estão em cima da mesa”, incluindo a possibilidade de um treinador português.

“Mas que treinador português? Quantos treinadores portugueses estão preparados para o peso e responsabilidade de assumirem o comando do Barcelona, especialmente deste Barcelona com todas as dificuldades que enfrenta? Sei que Rúben Amorim está a fazer um bom trabalho no Sporting e que, além disso, joga com um estilo semelhante ao nosso. Mas também tem muito pouca experiência”, atirou Deco.

“Estamos a enfrentar graves problemas financeiros e essa foi uma das razões pelas quais fui contratado. Não temos dinheiro para os investimentos realizados por outros clubes milionários, o que desmotiva qualquer treinador que venha com a vontade de ganhar tudo imediatamente. Infelizmente, não podemos fornecer os meios necessários para isso, pelo menos não nesta fase”, concluiu.

Rúben Amorim chegou ao Sporting em março de 2020, oriundo do Braga, a troco de uma verba a rondar os 10 milhões de euros. Desde então, o técnico português contabiliza 190 encontros, dos quais venceu 132, empatou 28 e perdeu 30, tendo conquistado quatro títulos: um Campeonato Nacional (2020/21), duas Taças da Liga (2020/21 e 2021/22) e uma Supertaça Cândido de Oliveira (2021/22).

  Comentários