EXCLUSIVO LEONINO - MARIANA CABRAL PODE DEIXAR O SPORTING NO FINAL DA TEMPORADA: VARANDAS JÁ COMUNICOU OBJETIVOS CRUCIAIS
Treinadora da equipa de futebol feminino dos verdes e brancos terá última chance em Alvalade
Redação Leonino
Texto
12 de Fevereiro 2024, 17:53
Mariana Cabral, Sporting

Mariana Cabral pode deixar o comando técnico da equipa de futebol feminina do Sporting, no final da temporada. Os resultados recentes não têm sido satisfatórios para Frederico Varandas, que teve uma reunião com a treinadora verde e branca, definindo os objetivos para a época, sabe o Leonino.

Segundo informação apurada pelo nosso Jornal, um fim de época menos conseguido poderá ditar o adeus da açoriana ao comando técnico do Sporting. Com vários reforços internacionais – como Olivia Smith, Jacynta Galabadaarachchi e, mais recentemente, Brittany Raphino – os responsáveis verdes e brancos acreditam haver condições para melhores resultados.

Portugal subiu, recentemente, ao top-5 do ranking da UEFA, podendo ter três equipas na próxima edição da Liga dos Campeões, o que aumenta o nível de exigência para com as leoas. Assim, a Direção do Sporting, liderada por Frederico Varandas garantiu que Mariana Cabral terá de ‘mostrar serviço’.

Em contrapartida, caso a míster do Sporting termine a temporada em grande plano – com a conquista da Taça de Portugal, ou Taça da Liga, uma vez que o campeonato é bastante difícil -, a treinadora seguirá ao leme da equipa.

Desde que chegou ao Sporting, no verão de 2021, Mariana Cabral- que cumpre atualmente a terceira temporada – venceu dois troféus: uma Supertaça e uma Taça de Portugal, com ambos os títulos a terem sido conquistados na sua primeira temporada.

O registo histórico recente frente ao Benfica também pesa, e muito, na avaliação feita pela Direção liderada por Frederico Varandas. Nos últimos 10 dérbis frente ao eterno rival, as leoas venceram apenas dois, empataram outro e perderam em sete ocasiões.

Ao serviço do Sporting, Mariana Cabral, de 36 anos, já realizou 79 encontros. No total, o a técnica alcançou 57 vitórias, somou 10 empates e sofreu 12 derrotas. Esta temporada será a última chance para provar ser a pessoa ideal para o cargo.

  Comentários