"FUI O MELHOR JOGADOR DO MUNDO" - EX CRAQUE DO SPORTING ELOGIA REAL MADRID E DIZ QUE SERIA TITULARÍSSIMO NOS MERENGUES
Futebolista que cresceu no emblema verde e branco recorda passagem pelo emblema espanhol
Redação Leonino
Texto
26 de Fevereiro 2024, 14:59
Estádio José Alvalade, Sporting

Luís Figo, antigo jogador do Sporting, defendeu, esta segunda-feira, dia 26 de fevereiro, à margem do evento de apresentação dos candidatos aos Prémios Laureus do Desporto Mundial, que, caso ainda estivesse no ativo, teria lugar no atual Real Madrid.

“Não gosto de falar de mim, mas fui o melhor jogador do mundo. Se não tenho lugar numa equipa, muito mal estaria o futebol. Ou muito mal estariam os que votaram. Significaria que não percebiam de futebol”, começou por afirmar.

Em causa estavam perguntas relativas à suposta transferência de Kylian Mbappé para o Real Madrid e uma nova era dos Galáticos na capital espanhola. Figo fugiu ao tema de quem ganharia o encontro em 2024 e lembrou a sua era dourada no Bernabéu.

“O tema dos Galácticos foi iniciado pela imprensa, mas sem dúvida que o Real Madrid está a viver uma geração de jogadores maravilhosa. São jovens com talento e há que ver os resultados, porque no futebol o fica muitas vezes acima do talento é o que se ganha, são os resultados. Isso é o mais importante”, garantiu o ex-Sporting.

Questionado sobre a qualidade do plantel merengue, que conta com nomes sonantes como Jude Bellingham ou Vinícius Júnior, o ex- internacional português, agora com 51 anos, disse não ter dúvidas de que, com menor ou maior dificuldades, conquistaria o seu espaço.

“Não se pode comparar gerações, depende de vários fatores, os jogadores são diferentes, o futebol não é o mesmo de há dez anos. A qualidade está lá, mas é difícil responder. No desporto, muitas vezes, dois mais dois não é quatro”, completou, citado pelo jornal espanhol As.

Luís Figo fez toda a sua formação no Sporting e, de 1990 a 1995 esteve ao serviço da equipa sénior leonina. Com a Listada verde e branca, o ex-futebolista marcou 23 golos em 155 partidas disputadas, conquistando a Taça de Portugal, em 1994/1995.

Depois, trocou o Clube de Alvalade pelo Barcelona, antes de se transferir para o Real Madrid, em 2000, e para o Inter em 2005. No ano de 2000, o internacional português conquistou a tão almejada Bola de Ouro e que o consagrou como um dos melhores jogadores portugueses de sempre.

Imagem de destaque
  Comentários