GONÇALO INÁCIO, DIOMANDE E HJULMAND PODEM ESTAR DE SAÍDA DO SPORTING E RENDER 200 MILHÕES
Trio dos leões tem sido fundamental esta época e está na mira de um dos maiores clubes do mundo
Redação Leonino
Texto
11 de Abril 2024, 19:54
Diomande, Pote, Hjulmand, Inácio, Sporting, Benfica,

Rúben Amorim pode estar de saída do Sporting rumo ao Liverpool e, ao que parece, o ainda técnico dos leões quer levar consigo Gonçalo Inácio, Ousmane Diomande e Morten Hjulmand. A informação está a ser avançada pelo site ‘Goal’.

No caso de Inácio, o central formado em Alvalade tem contrato até junho de 2027 e uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros, tendo renovado contrato no último verão. Esta época, o internacional português – avaliado em 40 milhões de euros – continua a ser uma das figuras da turma de Rúben Amorim, levando 41 jogos (3.011 minutos) e quatro golos.

Os casos de Ousmane Diomande e Morten Hjulmand são ligeiramente diferentes do de Gonçalo Inácio, dado que a cláusula de rescisão de ambos se fixa nos 80 milhões de euros. O central chegou a Alvalade em janeiro de 2023 e o médio uns meses depois, no verão, sendo ao dia de hoje peças fundamentais dos verdes e brancos.

Em 2023/24, o internacional pela Costa do Marfim – avaliado em 40 milhões de euros – conta com 32 encontros (2.565 minutos), dois golos e uma assistência. Por sua vez, Morten Hjulmand, com um valor de mercado de 30 milhões de euros, é um dos esteios dos leões, contabilizando 43 partidas (3.024 minutos), quatro finalizações certeiras e quatro passes para golo.

Contas feitas, se o Liverpool bater as cláusulas de rescisão de Gonçalo Inácio (60 milhões), Ousmane Diomande (80) e Morten Hjulmand (80), o Sporting receberia a impressionante quantia de 200 milhões de euros. Todavia, importa referir que é pouco provável que tal venha a acontecer.

Confira aqui os melhores momentos de Morten Hjulmand:


NOTÍCIAS RELACIONADAS:

  Comentários