"INSEGURO E IMPULSIVO": ALDO LIMA, CONHECIDO ADEPTO DO SPORTING, ARRASA EXIBIÇÃO NA TAÇA DE PORTUGAL
Leões saíram derrotados pelo Porto, após prolongamento, na final da Taça de Portugal
Redação Leonino
Texto
27 de Maio 2024, 10:30
Aldo Lima, Sporting, Porto, Rúben Amorim, Taça de Portugal

O Sporting perdeu, no passado domingo, dia 26 de maio, frente ao Porto por 2-1 (a.p.), na final da Taça de Portugal. Numa arbitragem habilidosa de Fábio Veríssimo e João Pinheiro, os leões ficaram reduzidos a dez unidades desde os 30 minutos de jogo. Aldo Lima e outros adeptos dos Clube de Alvalade não perdoam o desempenho dos juízes do Clássico.

“Esperava um grande jogo, mas a partir da expulsão o jogo só teve um sentido, com o Porto a atacar e o Sporting a defender. Até o fez bem, mas foi infeliz em dois lances do Geny e do miúdo. O pior de tudo foi a atuação do árbitro: inseguro e impulsivo, foi péssimo na gestão do jogo”, garantiu o conhecido humorista, ao Record.

No mesmo espaço, Jorge Gabriel admitiu que “Mesmo a jogar com dez jogadores, o Sporting conseguiu chegar ao prolongamento contra o Porto e só perde de penálti nos últimos minutos. A dobradinha far-se-á noutro ano qualquer. O Sporting quer títulos, mas não faz deles a sua maior bandeira”.

Por sua vez, Marco Chagas, antiga glória dos leões, explicou que “O jogo começou interessante e com o Sporting a adiantar-se, mas ficou marcado pela expulsão do St. Juste e por momentos de infelicidade e também de ingenuidade por parte de alguns jogadores mais jovens. O grande domínio foi do Porto, que venceu com justiça”.

Com a derrota diante do Porto – a sexta em 54 encontros na presente temporada –, o Sporting não consegue juntar a Taça ao título de Campeão. Os leões procuravam erguer a prova rainha pela 18.ª vez. A última conquista aconteceu em 2018/19, sob comando técnico de Marcel Keizer.

  Comentários