MEMÓRIA LEONINA: MAIOR GOLEADA DA HISTÓRIA DA PROVA RAINHA
A 23 de maio de 1971, em jogo a contar para os oitavos de final da Taça de Portugal, o Sporting CP goleou o Mindelense de Cabo Verde por 21-0. Fernando Peres marcou uns impressionantes sete golos
Duarte Pereira da Silva
Texto
23 de Maio 2020, 12:12
summary_large_image

No dia 23 de maio de 1971, em jogo relativo aos oitavos de final da Taça de Portugal, o Sporting CP goleou o Mindelense de Cabo Verde por 21-0, naquela que é, até aos dias de hoje, a maior goleada da história da prova rainha. Fernando Peres (7), Lourenço (6), Pedras (3), Fernando Tomé (2), Dinis (2), Marinho (2) e Chico Faria (1) apontaram os golos da goleada verde e branca.

Para a partida diante do Mindelense de Cabo Verde, Fernando Vaz, o então treinador dos leões, escolheu Vítor Damas (GR), Manaca, José Carlos, João Laranjeira, Francisco Caló, Fernando Peres, Pedras, Fernando Tomé, Lourenço, Dinis e Chico Faria para o 11 inicial. No decorrer da contenta, Pedro Gomes e Marinho foram lançados na partida.

O jogo realizou-se no Estádio José Alvalade e, conforme relatou o Diário de Notícias, ficou marcado pelos “21 golos sem resposta do Sporting ao Mindelense – um recorde na competição”. Na crónica da partida, o jornal destacou “o assédio inicial do Sporting ao reduto defensivo do clube de Cabo Verde havia de repetir-se por todo o espaço de tempo numa manifestação de superioridade e de nível técnico do conjunto leonino que depois o volumoso resultado confirmaria”.

Nessa temporada (1970/1971), o Sporting CP haveria mesmo de conquistar a sétima Taça de Portugal da sua história, batendo, na final, o SL Benfica por 4-1, com os golos a serem apontados por Chico Faria (2), Dinis e Nélson Gonçalves.

Quanto às restantes competições, os leões terminaram em segundo lugar do campeonato nacional, com 38 pontos, a apenas três do eterno rival, com 41. Na Taça dos Clubes Campeões Europeus, o Clube de Alvalade começou por eliminar categoricamente o Floriana, de Malta, com 9-0 no conjunto da eliminatória. No entanto, nos oitavos de final, o Sporting CP acabaria por cair aos pés do FC Carl Zeiss Jena, da Alemanha, tendo sido derrotado por 2-1 em ambos os jogos.

  Comentários