MESMO COM PREJUÍZO, ÉPOCA FOI DE "EDIFICAÇÃO DE UM NOVO SPORTING"
Frederico Varandas deixou a sua mensagem no Relatório e Contas da SAD leonina
Maria Pinto Jorge
Texto
15 de Setembro 2021, 11:17
summary_large_image

No Relatório e Contas lançado na noite de terça-feira (ver mais AQUI), Frederico Varandas, Presidente da SAD leonina, deixou uma mensagem, considerando que a época transata “marcará para sempre um lugar muito especial na memória” dos Sportinguistas, uma vez que “constitui a primeira edificação de um Novo Sporting”.

Leia as palavras do líder máximo dos leões:

“Na longa história de 115 anos do Sporting Clube de Portugal, a época 2020/2021 marcou, e marcará para sempre, um lugar muito especial nas nossas memórias. Porque assinala muito mais que a conquista de um novo título de Campeão Nacional de futebol, o vigésimo terceiro. Porque assinala muito mais que os recordes que nela foram superados. Porque assinala muito mais que o fim de 19 anos de uma travessia sem a conquista do principal título no futebol nacional. A época 2020/2021 constitui a primeira edificação de um Novo Sporting. Novo Sporting a que demos início em Setembro de 2018 e que, dia-a-dia, jogo a jogo, ano após ano, hoje destaco, e se destaca, em três vectores: Sustentabilidade, Competitividade e Honestidade”.

Por sua vez, o presidente dos verdes e brancos ainda justifica o prejuízo de 32,9 milhões de euros como o “resultado direto de um contexto mundial de crise, com consequências na quebra das receitas de transação de jogadores e das receitas operacionais pela ausência de público nos estádios. Colocam-se-nos enormes desafios pela frente, mas é de enaltecer a importância do trabalho de construção de bases conseguido até aqui pois, caso contrário, não nos teria sido permitido atravessar este período”.

Confira AQUI, AQUI, AQUI, AQUI, AQUI e AQUI outras conclusões do Relatório e Contas da Sporting SAD.

  Comentários