SAD QUER EMPRÉSTIMO OBRIGACIONISTA DE 50 MILHÕES
Pode ler-se, no Relatório e Contas, a necessidade de pedido do Sporting, ainda que seja por duas vezes até bater o valor pretendido
Maria Pinto Jorge
Texto
15 de Setembro 2021, 09:48
summary_large_image

Um ou mais empréstimos obrigacionistas, no valor até aos 50 milhões de euros, são os objetivos da SAD leonina. O mesmo, pode ler-se na convocatória para a Assembleia Geral de Acionistas, agendada para 6 de outubro, revelada no Relatório e Contas, lançado na noite passada (LER MAIS AQUI).

Confira o que se encontra descrito pelos leões no comunicado à CMVM:

“Deliberar sobre a autorização a conceder ao Conselho de Administração, nos termos e para os efeitos do disposto no n.º 2 do artigo 8º dos Estatutos, para uma ou mais emissões obrigacionistas, até ao montante máximo global de € 50.000.000 (cinquenta milhões de euros), a realizar mediante ofertas públicas de subscrição de obrigações ordinárias, com uma maturidade não superior a 4 anos e com o valor nominal unitário de € 5 (cinco euros), emissões essas a terem lugar até ao dia 30 de Setembro de 2022”.

Por sua vez, a SAD leonina revela que essas emissões terão lugar até 30 de setembro do próximo. Recorde-se, ainda, que os leões terão de reembolsar o atual empréstimo obrigacionista até novembro, de 26 milhões de euros.

Confira AQUIAQUIAQUIAQUIAQUI e AQUI outras conclusões do Relatório e Contas da Sporting SAD.

  Comentários