MIGUEL LOPES VAI VOLTAR A ENFRENTAR CLUBE DO CORAÇÃO; DEFESA DO ESTRELA DA AMADORA DEVERÁ JOGAR CONTRA O SPORTING
Antigo jogador do Clube de Alvalade passou por um longo período de lesão, mas já recupera melhor forma
Redação Leonino
Texto
23 de Março 2024, 20:48
Miguel Lopes, Estrela da Amadora

Miguel Lopes regressou recentemente aos convocados do Estrela da Amadora, após paragem por lesão. Desde que voltou às opções de Sérgio Vieira, a equipa apenas sofreu um golo e não voltou a perder. Desta forma, o lateral deverá voltar a ser aposta e vai reencontrar o Sporting, que representou entre 2013 e 2017

O camisola 13 do emblema da Amadora passou por um longo período de paragem, mas voltou recentemente aos relvados, no duelo frente ao Casa Pia e coloca-se agora como mais uma peça à disposição para o embate frente ao Clube de Alvalade que será o segundo da atual temporada.

Isto porque Miguel Lopes fez parte da deslocação ao Estádio José Alvalade, no duelo da primeira volta, onde os leões levaram a melhor sobre os estrelistas, numa partida repleta de golos (3-2). Os tentos certeiros foram assinalados por Daniel Bragança, Léo Jabá, Kikas, Marcus Edwards e Paulinho e marcou o regresso do internacional português ao reduto dos leões, casa que representou na sua vasta carreira futebolística.

Recorde-se que Miguel Lopes esteve ligado ao Sporting de 2012 a 2017 – altura pela qual trocou o Porto pelo Clube de Alvalade. De leão ao peito, o antigo camisola 13 fez 31 jogos, concretizando cinco assistências e venceu uma Taça de Portugal, frente ao Braga.

Na presente temporada, o defesa contabiliza, até ao momento 13 partidas, onde ainda não se estreou a marcar nem a assistir. O futebolista ingressou no Estrela da Amadora em 2021/22 e esteve presente na caminhada de subida até à Liga Portugal Betclic.

O Estrela da Amadora encontra-se atualmente no 13.º posto da Liga com 26 pontos conquistados em 26 partidas. Defronta o Sporting na 27.ª jornada do campeonato, emblema que é atualmente líder isolado da competição, com 65 pontos amealhados.

  Comentários