“SENTIMENTO DE MISSÃO CUMPRIDA”
Carolina Mendes, em declarações à Sporting TV, falou sobre a iniciativa solidária que levou a cabo
Redação Leonino
Texto
19 de Abril 2020, 16:35

Carolina Mendes, durante a semana que agora terminou, foi a grande responsável pelo “Leilão Solidário”. A iniciativa, que consistiu em leiloar várias camisolas de jogadores profissionais – Luís Neto, Bruno Fernandes, Francisco Geraldes, entre outros – conseguiu angariar 5.600 euros, que serão agora entregues à Comunidade Vida e Paz.

Em declarações à Sporting TV, a atleta revelou que o objetivo foi ajudar quem mais precisa neste momento complicado que o país e o mundo estão a atravessar: “O objetivo foi conversar com alguns jogadores para angariar dinheiro para a Comunidade Vida e Paz. Nestes momentos, a veia solidária vem mais ao de cima e vi muitos movimentos de solidariedade na internet. Surgiu-me esta ideia de fazer um leilão de camisolas”.

Carolina Mendes aproveitou a ocasião para agradecer a colaboração e disponibilidade de todos os convidados: “Eles foram espetaculares. Nós temos as ideias, mas, por vezes, colocá-las em prática torna-se difícil. Mas eles responderam-me logo afirmativamente. Agradeço porque foram extremamente solidários. (…) Estou de coração cheio porque sei que o dinheiro vai ajudar várias pessoas vulneráveis”.

A jogadora da equipa de futebol feminio do Sporting CP faz um balanço bastante positivo do “Leilão Solidário”: “Tive um feedback bastante positivo e às vezes até era difícil acompanhar as licitações. Recebi muitas mensagens e estou de coração cheio porque foi muito positivo. (…) É um sentimento de missão cumprida. Fiz a minha parte, assim como os jogadores e as pessoas que participaram. Toda a gente pode ajudar e fazer a diferença, por pouco que seja. Há sempre formas de o fazer”.

Carolina Mendes não esqueceu os Sportinguistas e deixou uma mensagem de força neste momento complicado: “Temos de ficar em casa e é um ótimo período para as pessoas pensarem no que estão a acontecer. É também a altura para as pessoas colocarem ideias em prática. Há que cumprir as normas e ficar em casa para não nos colocarmos em risco a nós e aos outros”.

Fotografia de Sporting CP

  Comentários