"SOMOS A CHACOTA MUNDIAL": MANUEL MOURA DOS SANTOS RECORDA SPORTING - BENFICA E ARRASA DI MARÍA
Conhecido adepto dos leões criticou fortemente a arbitragem do embate diante dos encarnados
Redação Leonino
Texto
16 de Abril 2024, 15:47
manuel-moura-dos-santos-sporting

Manuel Moura dos Santos acredita que o Sporting trabalhou o suficiente para vencer o Benfica. O conhecido adepto dos leões destaca o papel crucial de Geny Catamo, mas faz um reparo à equipa de arbitragem, que ‘deixou escapar’ uma agressão de Ángel Di María a Pedro Gonçalves.

“Fomos felizes com o Benfica? Talvez, mas jogámos para ser felizes. O Benfica fez um bom jogo em Alvalade, dificultando muito a nossa vitória. Um golo do Sporting no primeiro minuto do jogo facilitou a nossa tarefa, mas o golo do empate do Benfica, a fechar a primeira parte, poderia ter tido consequências difíceis de imaginar na segunda parte. Uma coisa é ir para o intervalo a ganhar, outra é sofrer o empate imediatamente antes do dito intervalo”, começou por dizer, ao jornal O Jogo.

“Felizmente o Sporting entrou bem na segunda metade do jogo. Foi um jogo bem disputado com as equipas a quererem ganhar, dividindo as oportunidades de golo. Felizmente que o Roger Schmidt não é um expert em leitura de jogo, só mexendo verdadeiramente na sua equipa já depois de sofrer o segundo golo. Reforçar o ataque nos descontos, é algo que ajuda sempre o oponente, neste caso o Sporting”, prosseguiu.

Geny Catamo ficará na história deste dérbi como o marcador de serviço, autor dos dois golos da vitória do Sporting. Rúben Amorim comentando a exibição do jogador moçambicano disse que Geny já fez melhores exibições. Talvez, mas marcou dois golos, e isso faz toda a diferença. Hjulmand foi imperial no meio-campo do Sporting, sendo nos dias de hoje uma das principais figuras da equipa”, atirou, antes de criticar fortemente a atitude de Di María.

“Falando de arbitragem, o Sporting não ganhou por causa do árbitro, mas apesar dele. Artur Soares Dias e Luís Godinho são dois “chicos espertos”. Especialmente o primeiro. Não ver a agressão de Di María a Pedro Gonçalves é inacreditável. É por estas e por outras que depois somos a chacota do mundo do futebol. A comunicação social, um pouco por todo o lado, riu-se e gozou com a decisão tomada por estes dois árbitros. Di María nem um cartão amarelo levou !!! Assim ficará explicada a provável ausência de árbitros portugueses no próximo Europeu”, terminou.

Confira aqui a agressão de Di María a Pedro Gonçalves:

  Comentários