SPORTING CELEBRA DIA DO LEÃO
Homenagem decorreu na Praça Centenário do Estádio José Alvalade
Diogo Nóbrega
Texto
8 de Maio 2022, 12:26
summary_large_image

O Sporting assinalou, este sábado, mais um Dia do Leão. O dia 7 de maio é uma data simbólica para o universo leonino, que recorda e homenageia José Gonçalves e Paulo Ferreira, que faleceram na sequência da queda do varandim do antigo Estádio de Alvalade; e Rui Mendes, que foi atingido mortalmente por um very light, no Jamor, assim como todos aqueles que perderam a vida de Leão ao peito.

Como já tem sido hábito desde 2011, a data foi assinalada com uma cerimónia que decorreu na Praça Centenário do Estádio José Alvalade, onde se cumpriu um minuto de silêncio e contou com a entrega de duas coroas de flores que foram colocadas no memorial destes Sportinguistas.

Nesta cerimónia de homenagem estiveram o Presidente do Sporting, Frederico Varandas, assim como vários membros do Conselho Diretivo, Assembleia-Geral e Conselho Fiscal e Disciplinar. Também Luís Resende, António Dionísio, Rui Vicente e Paulo Veloso, três dos sobreviventes da queda do varandim, marcaram presença, bem como Liliana Mendes e Diogo Mendes, ambos filhos de Rui Mendes.

Rui Vicente, um dos sobreviventes da queda do varandim, relembrou a importância de um dia com tanto significado para os adeptos do Sporting.

“O mais importante do Sporting são os Sócios”

“É sempre bom que este dia seja recordado, é uma data que ficou marcada nas nossas vidas. Foi um dia muito difícil e é sempre triste quando perdemos pessoas no desporto. Apesar de já não estarem cá, ficam para sempre na nossa memória e vão connosco onde quer que o Sporting vá jogar. Isso é o mais importante. Espero que estejam em paz e é de louvar o facto de o Clube recordar esta data pois o mais importante do Sporting são os Sócios, sem o amor deles o Clube não existia”.

Já António Dionísio, outro dos sobreviventes da queda do varandim, vincou a importância da celebração de um dia como este, de extrema importância para os associados leoninos.

“Apesar de já não estarem connosco fisicamente, acompanham-nos sempre”

“Não é uma simples homenagem a quem caiu do varandim, mas a todos os que padeceram em prol do Sporting. É bom sentirmos o apoio do Clube e gosto muito que os Sócios não sejam esquecidos, não só aqueles que faleceram, mas também os que continuam cá. Apesar de não estarem connosco fisicamente, acompanham-nos sempre. Arrepio-me enquanto digo isto”.

Fotografia de Sporting

  Comentários