SPORTING OBRIGADO A ABRIR OS CORDÕES À BOLSA POR GYOKERES? RÚBEN AMORIM ATÉ FICA CONTENTE: "É SINAL DE QUE…"
Técnico verde e branco abordou momento muito positivo de forma do avançado sueco
Redação Leonino
Texto
7 de Fevereiro 2024, 23:20
Viktor Gyokeres, Rúben Amorim, Sporting

O Sporting seguiu em frente na Taça de Portugal, depois de bater o União de Leiria, por 3-0, com golos de Gyokeres (2) e Pedro Gonçalves. No final da partida, Rúben Amorim comentou mais uma exibição de gala do sueco, bem como o facto de os leões estarem, agora, obrigados a pagar mais 1 milhão de euros ao conventry, fruto do ponta de lança ter chegado aos 25 golos.

“Este tipo de jogadores, que têm objetivos, não ficam mais caros, ficam mais baratos. Quem faz muitos jogos e marca muitos golos torna-se mais barato, apesar de custar mais dinheiro. É destes jogadores que queremos. Queremos pagar estes objetivos porque é sinal de que são tudo aquilo que esperávamos”, atirou Rúben Amorim.

Sobre a possibilidade de segurar Viktor Gyokeres em Alvalade, Ruben Amorim afirmou que esse é o desejo dos leões, mas que os clubes portugueses estão obrigados a vender: “Essa é a nossa ideia. Tem cláusula de rescisão, queremos manter os melhores, mas sabemos a realidade do futebol português”.

“Sabíamos que podia ser complicado, mas nós fomos muito competentes, apesar de termos sofrido duas oportunidades, que talvez os outros clubes na I Liga ultimamente não tiveram, mas também aí o Franco Israel fez uma excelente exibição. Podíamos ter feito mais golos, mas não sofremos e fizemos três, é uma vitória justa”, afirmou Rúben Amorim.

“Queríamos era estar nessa fase, o que vier, virá. Também é bom. Seja o Vizela, seja o Benfica. Se for o Benfica, são dérbis, toda a gente gosta, são grandes jogos. O importante é estar, competir e chegar à final, vai ser o nosso objetivo, independentemente do adversário”, finalizou o técnico do Sporting.

  Comentários