TITULAR DO SPORTING ELOGIA AMORIM E VARANDAS E CRITICA EX-PRESIDENTES: "CLUBE NÃO TINHA AS MELHORES CONDIÇÕES"
Futebolista verde e branco fez revelação sobre passado dos leões
Diogo Nóbrega
Texto
2 de Dezembro 2022, 23:30
summary_large_image

Antonio Adán confirmou que, no passado, recusou rumar ao Sporting porque os leões não tinham “as melhores condições”. Em entrevista ao jornal oficial do emblema verde e branco, o guardião de 35 anos refere que atualmente os verdes e brancos são um Clube manifestamente diferente, muito por mérito de Rúben Amorim e de Frederico Varandas.

 

“Há um projeto e um treinador que criou, juntamente com o presidente, uma ideia que está a fazer o clube crescer”

“Já tinha tido a oportunidade de vir para Portugal e para o Sporting, mas na altura pareceu-me que o clube não tinha as melhores condições institucionalmente. Atualmente, há um projeto e um treinador que criou, juntamente com o presidente, uma ideia que está a fazer o clube crescer e os objetivos estão a cumprir-se. Claro que haverá momentos de dificuldade, como foi o caso dos primeiros meses desta época, mas estou seguro de que o Sporting está no caminho certo para continuar a crescer”, afirmou o atleta, que se sente muito feliz em Alvalade.

“As minhas expetativas foram mais do que superadas”

“Consegui títulos e ter regularidade, dando também estabilidade à baliza do Sporting. Além disso, não há muitos na história que tenham conseguido a sequência de jogos que eu consegui e isso dá-me ainda mais vontade para somar mais 100. No ano anterior à minha chegada o Sporting tinha sido quarto classificado, não tinha estado na luta pelos títulos, não ganhava o campeonato há 19 anos e não alcançava tantos objetivos. Obviamente que, por isso, também aí as minhas expetativas foram mais do que superadas”

Esta época, Adán é o quarto jogador mais utilizado por Amorim, com 1.553 minutos, menos 173 que o líder, Matheus Reis. O guardião só não é o futebolista com mais minutos porque foi expulso precisamente diante dos marselheses, cumprindo castigo no encontro seguinte.

Proveniente do Atlético de Madrid, o número 1 dos leões chegou ao Sporting em 2020/21 e agarrou logo a titularidade, sendo um dos grandes responsáveis pelo título de campeão.

Com a Listada verde e branca, Adán cumpriu 100 jogos, tendo já conquistado uma Supertaça, duas Taças da Liga e um Campeonato Nacional.

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS:

  Comentários
Subscreva a newsletter Leonino
Email