TITULAR DO SPORTING VIVE DIAS FELIZES EM ALVALADE E NÃO SE DEIXA SEDUZIR POR TUBARÕES EUROPEUS
Futebolista do Clube de Alvalade tem sido importante na atual fase dos verdes e brancos
Redação Leonino
Texto
14 de Abril 2024, 08:14
Gonçalo Inácio, Daniel Bragança, Geny Catamo, Trincão, Sporting,

Francisco Trincão, avançado do Sporting, tem vivido dias felizes em Alvalade. Depois de ter sido protagonista de um autêntico renascer na turma de Rúben Amorim, este aufere atualmente de uma influência incontornável nos recentes resultados alcançados pelos verdes e brancos.

Em Barcelos foi decisivo ao ter assinalado um bis, na goleada aplicada ao Gil Vicente, e as suas prestações começam a ter eco a nível internacional. Recentemente foi apontado ao Bayer de Leverkusen, da Alemanha, e é também um alvo antigo do Marselha, equipa que milita na Liga Francesa.

Para além disto, o Barcelona tem ainda uma cláusula de recompra entre os 20 e 25 milhões de euros, mas isto será insuficiente, pois segundo a edição deste domingo do Jornal Record, o internacional português encontra-se focado no Sporting e quer permanecer de leão ao peito na próxima temporada.

O avançado sente gratidão não só pelos adeptos do Clube de Alvalade, como colegas e Rúben Amorim que considera que nunca o deixaram de apoiar mesmo em plenas fases inconstantes que viveu. Assim, este será o ingrediente principal para Francisco Trincão se manter em Alvalade, em vésperas de poder conquistar o seu primeiro título com a Listada verde e branca.

Esta temporada, Francisco Trincão – avaliado em 14 milhões de euros – soma até agora nove remates certeiros, tendo assistido os companheiros de equipa em sete ocasiões, ao longo de 41 encontros disputados (2.400 minutos). O internacional português tem contrato com os leões até junho de 2027 e uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros.

Ao todo, desde que chegou ao Sporting, oriundo do Barcelona, Francisco Trincão leva 93 jogos disputados, nos quais apontou 22 golos e fez 11 assistências. O internacional português custou aos cofres verdes e brancos qualquer coisa como 10 milhões de euros por 50% dos direitos económicos.

Confira aqui o bis de Francisco Trincão frente ao Gil Vicente:

  Comentários