ALÉM DE MULTA DE MILHARES: TRIBUNAL OBRIGA JOGADOR DO SPORTING A FAZER PEDIDO DE DESCULPAS PÚBLICO POR CONFUSÃO COM ATLETA DO BENFICA
Situação ocorrida em janeiro de 2023 ainda faz correr muita tinta e vê agora um desfecho, após mais de um ano
Redação Leonino
Texto
1 de Março 2024, 18:46
Rui Costa, Frederico Varandas, Sporting, Benfica

Ângelo Girão, capitão da equipa de hóquei em patins do Sporting, chegou a acordo, em sede do tribunal, para a suspensão do processo de queixa-crime feito por Lucas Ordoñez, jogador do Benfica, na sequência de uma confusão entre os dois, a 29 de janeiro de 2023. O guarda-redes dos leões terá de fazer um pedido de desculpas público e pagar uma multa de 2.000 euros.

“Dirijo um sincero pedido de desculpas ao atleta Lucas Ordoñez pelos atos que pratiquei antes do jogo de Hóquei em Patins Sénior Masculino que teve lugar no dia 29/01/2023 no Pavilhão João Rocha, a contar para a 15.ª Jornada da Liga Placard. Considero que a minha conduta não foi correta e não existia ou existe qualquer justificação que pudesse fundamentar os meus atos de violência”. Assim será a primeira parte do pedido, que terá de ser feito no prazo de 30 dias – a contar de 1 de março – no Record, O Jogo ou A Bola

“Estendo este pedido de desculpas a todos aqueles que apoiam e apoiaram o Lucas Ordoñez, incluindo aos seus familiares, pelas preocupações causadas, assim como aos adeptos da modalidade e do desporto em geral, manifestando o meu profundo arrependimento”, termina.

Além do comunicado, o ‘camisola 61’ do Sporting terá de pagar 2.000 euros da quantia “à Associação de Apoio à Criança – Nariz Vermelho, no prazo de 30 dias”, lê-se, na publicação feita pelo Tribunal Central de Instrução Criminal. No relatório do árbitro lê-se que o internacional português acertou no adversário “Com o stick, primeiro no pescoço e depois no antebraço”. “Filho da p***, isto não é a Argentina. Dei-te duas, ainda falta uma”, terá dito.

Recentemente, o capitão do Sporting foi expulso diante do Porto. Os verdes e brancos optaram por não castigar o atleta, mas, ao que o nosso Jornal apurou, a estrutura do Clube de Alvalade fez um ‘ultimato’ ao guardião e, caso exista uma reincidência futura, o internacional português de 34 anos será castigado internamente (Saiba mais AQUI).

  Comentários