ANTIGO TÉCNICO DO SPORTING ALCANÇA MAIS UM FEITO HISTÓRICO E DEIXA PISTA SOBRE O FUTURO
Ao serviço dos leões, treinador chegou mesmo a conquistar um título bastante importante para os verdes e brancos
Redação Leonino
Texto
7 de Dezembro 2023, 07:45

O Palmeiras, liderado por Abel Ferreira – antigo técnico dos juniores e equipa B do Sporting –, sagrou-se, na madrugada desta quinta-feira, 7 de dezembro, bicampeão brasileiro, depois de empatar, a uma bola, na deslocação ao reduto do Cruzeiro.

À entrada para a última jornada do Brasileirão, a turma de Abel Ferreira sabia que só uma catástrofe impedia o título, mas, ainda assim, saiu na frente da contenda, aos 22 minutos, com um golo de Endrick, que irá rumar ao Real Madrid. Já no segundo tempo, com o título praticamente entregue, o Cruzeiro chegou ao empate, por intermédio de Nikão, aos 81 minutos, forçando, desta forma, o décimo empate do Palmeiras na edição deste ano do Brasileirão.

Contas feitas, o Palmeiras terminou no primeiro lugar, com 70 pontos em 38 jogos (20 vitórias, dez empates e oito derrotas). O Grêmio terminou no segundo posto, com 68 pontos; o Atlético de Mineiro no terceiro, com 66 pontos, e o Flamengo no quarto, também com 66 pontos.

Na antevisão desta partida, Abel Ferreira deixou uma pista sobre o seu futuro, numa altura em que tem sido associado a emblemas da Arábia Saudita: “É difícil fazer jogos e viagens a cada três dias, ter entidades do futebol brasileiro que insinuam que você é isso ou aquilo. Acham que isso é fácil? São três anos, não três dias. É muito desgastante ser treinador no futebol brasileiro, mas eu não sou ingrato”.

Ao comando do Palmeiras, Abel Ferreira já conquistou nove títulos: dois Campeonatos Nacionais (2022 e 2023), uma Supercopa do Brasil (2023), uma Copa do Brasil (2020), dois Campeonatos Paulistas (2022 e 2023), uma Recopa Sudamericana (2022) e duas Libertadores (2020 e 2021).

Relembra-se que o treinador de 44 anos jogou na turma leonina entre os anos de 2005 e 2011. Já enquanto treinador, esteve ao serviço do Clube de Alvalade entre 2012 e 2014, liderando os juniores, nos quais se sagrou campeão e ainda a equipa B.

  Comentários