BETO ELOGIA AMORIM POR POTENCIAR CRESCIMENTO DE TITULAR DO SPORTING: "TEM DEDO DO TREINADOR"
Guarda-redes que passou pelo Clube de Alvalade fez antevisão ao encontro frente ao Porto e deixa elogios a titular dos leões
Redação Leonino
Texto
26 de Abril 2024, 10:14
Rúben Amorim, Beto, Sporting

Beto, guarda-redes que passou por Sporting e Porto, projetou o Clássico do próximo domingo, dia 28 de abril. Em entrevista ao jornal Record, o ex-internacional português diz que os dragões “não têm nada a perder” e que os leões querem “festejar o título o mais rapidamente possível”. O antigo guardião deixa ainda elogios a Franco Israel, destacando o “crescimento e afirmação” do jogador, atribuindo méritos a Rúben Amorim.

“Acredito que seja um grande jogo porque o Porto não tem nada a perder. A equipa terá de jogar, como sempre, para ganhar, se calhar de uma forma até mais desinibida, e o Sporting terá um papel mais estratégico porque tem muito mais margem, pode jogar vários tipos de jogo e com essa ansiedade do Porto, que tem de ganhar por uma questão de mística e de orgulho”, começou por dizer.

“Se calhar, no intrínseco dos jogadores, celebrar um título em casa de um eterno rival poderá ser um ingrediente extra. Sinceramente, não me parece que seja esse o objetivo do Sporting, festejar exclusivamente no Estádio do Dragão. O Sporting quer é festejar o título o mais rapidamente possível”, assumiu, falando no crescimento de Franco Israel.

“O Franco já teve um dérbi [com o Benfica], já teve jogos internacionais, já tem um pouquinho mais de sequência de jogos e essa confiança também tem dedo do treinador. Porque não é a mesma coisa saberes que o guarda-redes que normalmente é titular está à beira de voltar e tudo o que faças pode influenciar a decisão do treinador”, explicou Beto Pimparel.

Esta temporada, Franco Israel – avaliado em 2,5 milhões de euros – leva 21 encontros realizados pelo Sporting: oito na Liga Portugal Betclic, seis na Taça de Portugal, quatro na Liga Europa e três na Taça da Liga. Nos 1.890 minutos que disputou, o guardião sofreu 17 golos.

  Comentários