BRUNO DE CARVALHO ABSOLVIDO DE TODAS AS ACUSAÇÕES
Antigo presidente foi absolvido das acusações do ataque à Academia, em 2018. Tribunal de Monsanto também não encontrou provas que acusem Bruno Jacinto e Mustafá
Redação Leonino
Texto
28 de Maio 2020, 12:56

Está a decorrer neste momento, no Tribunal de Monsanto, em Lisboa, a leitura do acórdão do processo do ataque à Academia Sporting, em maio de 2018. Relembrar que são 44 os arguidos deste processo. Os arguidos tiveram de assistir à sentença via videoconferência em salas paralelas, devido às restrições da pandemia do Covid-19.

Ao momento, a juíza Sílvia Pires diz que não foram encontradas provas para comprovar os factos de que Bruno de Carvalho, Bruno Jacinto e Fernando Mendes, mais conhecido como Mustafá, estiveram envolvidos no ataque à Academia. Desta forma, a três foram imediatamente absolvidos de quaisquer acusações.

O Tribunal de Almada, segundo o jornal A Bola, provou que 37 arguidos entraram na Academia de cara tapada para não serem identificados e em passo acelerado e um deles foi identificado pela Juíza. Foram provadas as agressões de Rúben Marques a Bas Dost, Misic e Jorge Jesus. As instalações não sofreram qualquer dano, exceto um Porsche (pertencente a um dos jogadores) também feito por Ruben Marques. O arguido de 21 anos vai cumprir uma pena suspensa.

Recordar que a sentença do julgamento do ataque à Academia no dia 15 de maio de 2018, continua a decorrer no Tribunal de Monsanto, em Lisboa.

  Comentários