“DEMOS A VOLTA AO RESULTADO COM NATURALIDADE”
Na conferência de imprensa após o triunfo, por 3-1, frente à Belenenses SAD, Rúben Amorim mostrou-se satisfeito, mas deixou um aviso à equipa
Redação Leonino
Texto
26 de Junho 2020, 22:05

O Sporting CP venceu a Belenenses SAD, por 3-1, e regressou aos triunfos fora de portas. Na conferência de imprensa após a partida, Rúben Amorim estava satisfeito com a resposta da equipa ao golo sofrido, mas considerou que os jogadores têm de entrar melhor nos encontros.

“Já em Guimarães (2-2), não tínhamos entrado bem, é algo que temos de mudar. Jogar no Sporting CP é isto. Os adversários aparecem sempre super motivados e, se damos minutos de folga, vai chegar ao dia em que não vamos conseguir dar a volta. Neste conseguimos e agora é pensar já no próximo jogo”, referiu o técnico.

Quanto ao jogo, Rúben Amorim considerou que a equipa reagiu bastante bem ao golo sofrido e acabou por vencer com naturalidade: “Nós sabíamos que ia ser um jogo difícil, contra uma equipa que tem jogadores experientes do meio-campo para a frente. Não entrámos bem, sofremos um golo que nasce da pressão do Belenenses e é um preço de querer sair a jogar, mas depois reagimos bem. Começámos a perceber que havia espaço nas costas, começámos a empurrar o Belenenses e demos a volta ao resultado com naturalidade”.

Sobre a saída, ao intervalo, de Jovane Cabral, o treinador do Sporting CP esclareceu que o atleta “teve um traumatismo” e, por isso, preferiu não arriscar. No entanto, Rúben Amorim afirmou também que a equipa não está dependente de nenhum e que, apesar da boa forma de Jovane, “quatro jogos no Sporting CP não são nada”.

Por fim, sobre um eventual regresso de Jorge Jesus ao SL Benfica, Rúben Amorim preferiu não comentar e destacou que o importante é o Sporting CP: “É indiferente. Sou treinador do Sporting. Espero estar no Sporting para construir um Sporting forte. Desejoso de ter adeptos. Estamos a criar boa dinâmica, jovens estão a acreditar. Mesmo com lesões estamos a criar um ambiente que é importante e portanto o nosso foco é o Sporting. Não nos interessa muito os treinadores das outras equipas”.

  Comentários