EM NOITE DE GALA FRENTE AO BENFICA, ADEPTOS DO SPORTING FIZERAM PEDIDO A PEÇA BASILAR DO PLANTEL
Clube de Alvalade venceu, no passado sábado, a turma encarnada, em mais uma ronda da Liga
Redação Leonino
Texto
7 de Abril 2024, 10:42
Pedro Gonçalves, Viktor Gyokeres, Jeremiah St Juste, Gonçalo Inácio, Francisco Trincão, Matheus Reis, Sporting,

A equipa do Sporting venceu, no passado sábado, o Benfica, por 2-1. Com o Estádio José Alvalade completamente repleto, foram muitas as demonstrações de apoio para com a equipa durante todos os 90 minutos, mas um dos destaques foi para um pormenor que se salientou na bancada verde e branca ainda a bola não rolava no relvado.

Nas imagens transmitidas na televisão, pode-se ver um adepto com uma tarja onde é visível ‘Fica Amorim’, numa altura em que o técnico tem sido sondado por vários emblemas europeus a par de não ter garantido que ficaria no Clube de Alvalade na nova época desportiva que se aproxima.

Liverpool, Barcelona e até Chelsea são alguns dos tubarões internacionais que seguem de perto, com os reds atualmente na ‘pole position’ para tirarem Rúben Amorim do Sporting. Os tempos que se seguem serão cruciais para uma tomada oficial de posição por parte do líder dos leões.

É importante lembrar que Rúben Amorim tem contrato com o Sporting até junho de 2026, sendo que a cláusula de rescisão para emblemas estrangeiros é de 20 milhões de euros. Nos últimos dias, a imprensa inglesa avançou que os verdes e brancos estariam dispostos a negociar a saída do técnico por uma verba entre os 10 e os 15 milhões de euros.

Rúben Amorim chegou ao Sporting em março de 2020, oriundo do Braga, a troco de uma verba a rondar os 12 milhões de euros (já com ‘juros’ incluídos). Desde então, o técnico liderou os leões em 205 encontros, tendo registado 142 vitórias (69,74 %), 32 empates (15,35 %) e 31 derrotas (14,91 %).

No comando técnico do Sporting, Rúben Amorim conquistou quatro títulos: um Campeonato Nacional (2020/21), duas Taças da Liga (2020/21 e 2021/22) e uma Supertaça Cândido de Oliveira (2021). Destacar, ainda, a chegada aos oitavos de final da Liga dos Campeões, na temporada 2021/22, com os verdes e brancos a caírem aos pés do Manchester City e a recente eliminatória da Taça de Portugal, que permitiu aos leões eliminar o Benfica e chegar, pela primeira vez sob comando técnico de Amorim, ao duelo decisivo da prova rainha.

  Comentários