ERA DADO COMO UM DOS GRANDES REFORÇOS DO SPORTING, MAS HÁ QUEM DIGA QUE PODE ESTAR DE SAÍDA: "NO VERÃO..."
Antigo técnico leonino não tem quaisquer dúvidas da qualidade de pupilo de Rúben Amorim, porém, futuro é incerto
Redação Leonino
Texto
17 de Janeiro 2024, 13:03
Daniel Bragança, Pedro Gonçalves, Pote, Paulinho, Sporting

Daniel Bragança, apesar de não ser um titular indiscutível na equipa de Rúben Amorim, está a caminho dos melhores números na sua carreira como jogador sénior do Sporting, nesta temporada, e poderá vir a rumar a outros ares, como afirma Alexandre Santos, ex técnico de Sub-23 do Sporting.

“Será sempre uma incógnita do que ele vai conseguir mesmo atuando mais jogos. Nada nos leva a dizer que Morita vai perder a titularidade quando regressar da Taça Asiática. Independentemente de jogar e corresponder, a titularidade de Daniel Bragança nunca está garantida. Agora, ele sabe o que o Amorim pretende e tem correspondido sempre que é chamado.”, começa por afirmar.

“Este é um momento importante para o Daniel e um ano de afirmação. Se ele queria jogar mais tempo? Obviamente que sim, mas num plantel com tanta qualidade nem sempre é fácil ser titular indiscutível. Agora, ele pode vir a ser titular incontestável e uma referência no Sporting, isto se não sair no final da época. Porque, agora e nos tempos atuais, não é preciso ser sempre titular para no término da temporada partir para outro destino.”

“Acho que ele tem condições para jogar em qualquer parte do mundo, agora se tem espaço para jogar numa equipa grande da La Liga ou da Premier League tenho mais dúvidas e acho que, nesse caso, deve permanecer no Sporting.”, prossegue.

“Ele não deve ver esse salto como um projeto de vida, até porque é mais seguro sustentar o seu lugar em Alvalade. O Matheus Nunes antes de sair para o Manchester City construiu o seu lugar no Sporting e acho que o Daniel Bragança também precisa de fazer isso. Ele tem ainda muito para fazer e muito para provar, por isso sair só por sair não faz muito sentido.”, termina. 

Confira aqui toda a classe de Daniel Bragança:

  Comentários