“ESTEVE PARA IR PARA O BENFICA”; PAI DE MIGUEL MENINO EM REVELAÇÕES SOBRE MÉDIO DO SPORTING
Figura paternal do futebolista do Clube de Alvalade esteve em declarações à imprensa nacional
Redação Leonino
Texto
13 de Maio 2024, 19:53
Miguel Menino, Sporting

Miguel Menino, médio do Clube de Alvalade, estreou-se, no passado sábado, 11 de maio, na equipa principal do Sporting, no triunfo aplicado ao Estoril, por 1-0, relativo à 33.ª jornada da Liga Portugal Betclic. Pedro Menino, pai do futebolista, esteve em declarações ao Jornal Record, onde abordou a estreia do seu filho entre os pupilos de Rúben Amorim.

“Vi o jogo com uns amigos. O Rúben Amorim esteve bem em fazê-lo entrar, mas se o jogo estivesse resolvido na 1ª parte ele podia ter entrado mais cedo. Não foi um jogo fácil. O Rúben fez do Miguel campeão! Nervoso? Ele não o mostra, acredito que estivesse pelo menos ansioso. Mas desde que entrou, quando tocou na bola não teve medo, não achei que estivesse nervoso – e até podia estar, afinal de contas era a estreia pela equipa principal. Estava com receio porque o jogo não estava controlado. O meu medo era que ficasse 0-0 e ele não entrasse”, começou por dizer.

E prosseguiu enaltecendo os anos de casa que Miguel Menino tem pelo Clube de Alvalade (são 15): “É um prémio justo pelo trabalho que ele fez. Orgulho-me muito dele.”

“Ele entrou no Sporting em 2010, tinha 7 anos. Começou no Cova da Piedade, esteve lá 3 meses e depois até era para ir para o Benfica – não foi por mim, eu sou sportinguista (risos). Quem me abordou primeiro foi o Benfica. O Rui Águas falou comigo e queria que o miúdo fosse treinar lá. Mas logo depois o Sporting. Foi um grande dilema, estive 15 dias sem ir com ele para lado nenhum e durante esse período choviam telefonemas dos dois clubes”, completou

“Ele acabou por ir para o Sporting, levaram-no para a Academia no tempo do senhor Aurélio Pereira. Íamos para todo o lado com o Sporting. Não foi fácil, mas valeu a pena. E lá continuou o seu percurso até hoje”, concluiu.

  Comentários