EXCLUSIVO LEONINO: MIGUEL AFONSO DESPEDE PAULO FREITAS
Numa primeira fase, vogal com a pasta das modalidades, acenou com a renovação ao treinador bicampeão europeu, mas, após duas derrotas, mudou de opinião. Técnico leonino não é a primeira 'vítima'
Redação Leonino
Texto
14 de Junho 2022, 07:00
summary_large_image

Paulo Freitas está de saída do Sporting. A confirmação foi dada pelo próprio técnico na conferência de imprensa após a derrota, por 7-5, na meia-final do play-off do Campeonato Nacional, diante do Benfica (Saiba mais AQUI). Contudo, segundo informações recolhidas pelo nosso jornal, a saída nem sempre foi o cenário em cima da mesa. Vamos por partes.

Primeiro a renovação e, após duas derrotas, o despedimento

No início de 2022, Miguel Afonso demonstrava uma confiança inabalável em Paulo Freitas. Por essa altura, o Sporting já tinha conquistado a Taça Continental e estava na luta por todos os troféus em disputa: Campeonato Nacional, Taça de Portugal e Elite Cup. O único título perdido foi a Taça Intercontinental, diante do Porto (6-3, fora de portas, e 6-5, em casa).

Afinal de contas, o técnico teve um sucesso assinalável nas temporadas anteriores, tendo conquistado duas Ligas Europeias (2018/19 e 2020/21), dois Campeonatos Nacionais (2017/18 e 2020/21) e duas Taças Continentais (2019 e 2021).

Contudo, os meses de fevereiro e março fizeram Miguel Afonso mudar de ideias. Após duas derrotas consecutivas – em casa diante do Porto (7-3) e na deslocação a Barcelos (6-0) –, o vogal com o pelouro das modalidades entendeu que estava na altura de uma mudança de ciclo. Quinze dias depois, a derrota na Luz, em jogo dos quartos-de-final da Taça de Portugal, veio acentuar a convicção do vogal.

Antes das decisões, saída foi tornada ‘pública’

No dia 7 de maio, a bomba rebentou. O jornal O Jogo avançou que o técnico verde e branco não ia continuar ao leme dos leões. Nessa altura, a fase regular ainda não tinha terminado e o Sporting estava na disputa, embora fosse complicado, pelo primeiro lugar. Lembrar que, na temporada passada, os leões fecharam a fase regular no segundo lugar, conquistando, depois, o título nos play-offs.

A partir deste momento, as notícias foram se sucedendo e, ao que tudo indica, serão muitas as mudanças no hóquei em patins verde e branco, com mudanças no comandado técnico, mas também na direção da secção (Saiba mais AQUI).

De resto, o técnico, em declarações ao Leonino após um jogo no Pavilhão João Rocha, já tinha abordado a sua saída, deixando uma crítica ‘indireta’ a Miguel Afonso (Saiba mais AQUI).

Paulo Freitas não é a primeira vítima de Miguel Afonso

Na temporada passada, uma situação semelhante aconteceu a Rui Silva, ex-treinador de andebol do Sporting. Primeiro a renovação e, depois, o despedimento.

Fotografia de Sporting

  Comentários