“FOI UMA VITÓRIA MUITO BEM CONSEGUIDA"
Treinador adjunto do Sporting CP destacou que a equipa entrou muito forte e conseguiu dominar o jogo
Redação Leonino
Texto
28 de Novembro 2019, 22:00
summary_large_image

Após a vitória, frente ao PSV, por 4-0, o treinador adjunto do Sporting CP, Emanuel Ferro, mostrou-se bastante satisfeito com a exibição conseguida pela equipa: “foi uma vitória muito bem conseguida (…) entrámos muito fortes e a equipa conseguiu dominar o jogo”. O adjunto de Silas destacou que “não pensámos nesse apuramento por si só, pensámos sim neste jogo e isso deu-nos uma vantagem muito grande porque estivemos focados naquilo que era o nosso desempenho”, explicou.

Sobre o apuramento para os dezasseis avos de final, Emanuel Ferro afirmou que “naturalmente, depois da vitória, é muito positivo perceber que, a uma jornada do fim, conseguimos o apuramento”. O treinador adjunto dos leões destacou, ainda, que esta vitória pode permitir algum tipo de gestão do plantel.

Questionado sobre os vários sistemas táticos que a equipa tem vindo a apresentar, o responsável verde e branco defendeu que “a exibição acaba por ser muito boa, mas não resulta, por si só, deste sistema tático (…) Hoje resultou bem. Pode dar-nos a sensação de que esta é a fórmula certa, mas, mais do que isso, aconteceram coisas boas, entrámos bem no jogo, marcámos cedo e não sofremos nenhum golo”. No entanto, Emanuel Ferro disse que também “temos coisas a melhorar. Vamos rever este jogo, tal como vimos todos os outros em que achámos que estivemos menos bem. O nosso grau de exigência é quando ganhamos bem, quando ganhamos menos bem ou mesmo quando perdemos”, esclareceu.

Relativamente à exibição de Maximiano, Emanuel Ferro afirmou que “hoje esteve muito bem, deu uma resposta bastante positiva. Ajudou a equipa, como ajudaram os outros dez, mais os outros três que entraram (…) é sempre muito saboroso ver os jogadores da formação a fazerem boas exibições”. Sobre o aspeto individual de cada um dos jogadores, o adjunto de Silas afirmou que “acreditamos que o crescimento da equipa passa pelo crescimento coletivo e também pelo crescimento individual de cada um dos jogadores. Uma não acontece sem a outra. Não conseguimos crescer em termos coletivos se cada um dos jogadores não estiver melhor, mas a qualidade de jogo da equipa serve de suporte para o crescimento de cada um dos jogadores”, terminou.

Fotografia de Sporting CP

  Comentários