"JÁ SABÍAMOS DE ANTEMÃO DA SAÍDA DO TREINADOR" - GOLEADOR DO SPORTING REVELA MOTIVAÇÕES DO TÍTULO
Jogador do Clube de Alvalade falou sobre os mais variados temas em longa entrevista após a conquista do troféu
Redação Leonino
Texto
22 de Maio 2024, 08:48
Sporting, Adeptos Sporting, Adeptos,

João Souto, jogador de hóquei em patins do Sporting, deu uma longa entrevista ao jornal A Bola na qual, entre vários temas, abordou a conquista da recente Liga dos Campeões da modalidade, que os leões conquistaram sobre a Oliveirense, por 2-1.

O internacional português foi o marcador do golo decisivo e, quando questionado sobre esse momento, Souto admitiu que acredita mereceu viver esse momento.

“Creio que o mereci! Foi um prémio. Sou um jogador de muita entrega, de luta, de equipas, mas ao longo da carreira tenho mostrado que, sem ser um dos jogadores mais virtuosos, tenho muita qualidade técnica nas bolas paradas. Foi um justo reconhecimento do que tenho vindo a fazer nestes últimos dois anos, e em toda a minha carreira. Fiquei feliz por isso”, começou por dizer.

De seguida, em conversa sobre a carga emocional adjacente à conquista, o jogador do Sporting não se inibiu: “Creio que todos os jogadores tiveram a oportunidade de referi-lo no final do jogo. Este título teve uma carga emocional especial, por vários fatores”, começou por dizer, passando, em seguida, à explicação da mesma.

“Em primeiro lugar, porque já sabíamos de antemão da saída do Alejandro [Domínguez], um treinador que nos deu imenso durante estes dois anos, que nos fez evoluir enquanto jogadores, de uma forma muito, muito… grande. E porque não tínhamos ainda ganho títulos com ele [com o técnico argentino que sai no final da temporada por comum acordo com o clube], e creio que pecava por isso, que era uma coisa que faltava a este grupo. Porque praticávamos um hóquei espetacular, tanto o ano passado como este, e faltava refleti-lo em títulos”, revelou o hoquista do Sporting.

João Souto chegou ao Sporting na temporada de 2019/20, encontrando-se a cumprir a sua quinta temporada ao serviço do Clube de Alvalade. Esta época, o hoquista já participou em 42 partidas, tendo marcado 44 golos. No total, desde que veste a Listada verde e branca, o goleador de 31 anos leva 195 partidas, nas quais conta com 140 tentos e 34 assistências. No que toca a títulos, com o leão rampante, o atleta conquistou duas Ligas dos Campeões, duas Taças Continentais e um Campeonato Nacional.
  Comentários