MEMÓRIA LEONINA: CARLOS LOPES E O OURO
Neste dia, há 36 anos, o atleta leonino conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Los Angeles
Maria Pinto Jorge
Texto
12 de Agosto 2020, 12:48
summary_large_image

12 de agosto de 1984. Nesta noite, foram poucos os portugueses que se deitaram cedo e, sobretudo, os Sportinguistas. Algures pelas 3 da manhã, em Portugal, todos festejavam a conquista da medalha de ouro de Carlos Lopes nos Jogos Olímpicos de Los Angeles.

Num dia em que os principais candidatos à vitória haviam vacilado, num dos momentos mais críticos das Maratonas, Carlos Lopes, o irlandês John Tracy e o inglês Charles Spedding encontravam-se na frente. Assim, ao quilómetro 38, o português fez o seu ataque final, algo que mais tarde admitiu já estar planeado.

Foram 15 minutos impressionais, que o levaram até à meta do Estádio Olímpico, concluindo a prova com 2,09,21h, criando, também, um novo recorde Olímpico.

Esta foi a primeira vez que o hino nacional se ouviu a bom som nos Jogos Olímpicos, um marco histórico para o país e para o atleta do Sporting CP, que saiu de Los Angeles com a medalha de ouro ao pescoço.

  Comentários