PARLAMENTO PORTUGUÊS MANIFESTA VOTO DE PESAR PELA MORTE DE EX FUTEBOLISTA DO SPORTING
Antigo jogador do Clube de Alvalade faleceu no passado dia 3 de março, aos 83 anos de idade
Redação Leonino
Texto
3 de Maio 2024, 17:04
Sporting, Símbolo

A Assembleia da República aprovou esta sexta-feira, dia 3 de maio, por unanimidade um votos de pesar pela morte de Alexandre Baptista, antigo jogador do Sporting, que morreu a dia 3 de março, aos 83 anos. No voto, apresentado pelo PS, o ex-leão é recordado como “figura marcante da história do futebol português” e “um dos melhores jogadores da sua posição”.

O antigo futebolista e Sócio número 584-0, que chegou a vestir também a camisola da Seleção Nacional em 11 ocasiões, incluindo no Mundial de 1966 que se realizou em Inglaterra  e onde Portugal conseguiu aquela que é ainda hoje a melhor classificação de sempre na prova (terceiro lugar após derrota nas meias com a Inglaterra).

Depois de ter feito a formação nos leões, Alexandre Baptista foi jogador da equipa principal do Sporting durante toda a década de 60 do século passado. Na equipa A dos verdes e brancos, o defesa realizou 163 jogos oficiais e conquistou vários títulos, entre os quais a icónica Taça das Taças. Retirou-se do futebol aos 30 anos, tendo chegado ainda a praticar ténis de mesa.

Ao mesmo tempo que se destacava nos relvados, Alexandre Baptista ficou também conhecido por ser um dos poucos jogadores da sua geração a nunca deixar os estudos para trás, concluindo o seu curso de Economia que iria seguir depois de terminar a carreira com apenas 30 anos, depois de ter sido cumprir serviço militar obrigatório para África.

O ex-leão voltou mais tarde aos verdes e brancos para ser vice-presidente da última direção de João Rocha, entre 1984 e1986, foi vogal do Conselho Fiscal e fez também parte da Comissão de Honra do Centenário do Sporting. Em 2010, foi distinguido com o Prémio Stromp na categoria Saudade.

  Comentários