PONTA DE LANÇA QUE NÃO CONTAVA PARA AMORIM NO SPORTING JÁ LEVA 14 GOLOS ESTA ÉPOCA, MAS NÃO ESTÁ SATISFEITO: "QUERO CHEGAR AOS 20"
Avançado de 25 anos está a realizar a melhor temporada da carreira e diz não se ter arrependido da decisão que tomou
Redação Leonino
Texto
24 de Março 2024, 20:21
Rúben Amorim, Sporting, Atalanta

Pedro Marques diz estar muito feliz no Chipre. O avançado, que não contava para Rúben Amorim no Sporting, tem sido a principal referência ofensiva do Apollon Limassol, e, apesar de já ter marcado 14 golos, explica que quer chegar à meta dos 20 esta temporada.

O jogador alinha no emblema cipriota por empréstimo dos neerlandeses do NEC e diz não se arrepender da decisão que tomou: “Estava à procura de destinos que me permitissem ter um maior número de minutos, algo que me faltou na época passada. Queria também um clube que me desse a possibilidade de fazer um bom número de golos. Um ponta de lança acaba por viver de golos e hoje em dia posso dizer que o Apollon foi um tiro certeiro. A época vai a mais de meio, mas já superei o meu máximo de golos. Tenho como objetivo chegar aos 20 golos esta época”, refere ao jornal Record.

Apesar da boa marca de golos, o Apollon Limassol falhou o apuramento para os playoffs, contentando-se com uma posição confortável no play-out que define as equipas que descem. Estão 21 pontos acima da linha de água, mas querem lutar pela conquista da Taça do Chipre.

“A nível coletivo não esta a correr tão bem porque não conseguimos chegar aos playoffs, mas estamos na meia-final da Taça. Caso ganhemos temos a final na semana a seguir ao fim do campeonato”, conta Pedro Marques, que aborda o futuro. “O clube tem opção de compra, podem exercer ou não. Ainda é uma incógnita, não sei o que vai acontecer.”

Pedro Marques representou o Sporting de 2016 a 2022. No verão de 2022, transferiu-se para o NEC dos Países Baixos, da primeira divisão do futebol neerlandês. No último mercado de transferências, assinou pelos cipriotas do Apollon.

Imagem de destaque
  Comentários