QUE GRANDE LATA! DECO, ANTIGO JOGADOR DO PORTO, DESFAZ-SE EM ELOGIOS A PEÇA-CHAVE DO SPORTING, MAS GARANTE: "É INEXPERIENTE"
Atual diretor desportivo do Barcelona procura reforçar emblema catalão no final da temporada
Redação Leonino
Texto
9 de Fevereiro 2024, 18:56
deco, sporting

Deco, atual diretor desportivo do Barcelona, deixou rasgados elogios a Rúben Amorim. O antigo futebolista do Porto – numa busca para encontrar o próximo técnico do emblema catalão, uma vez que Xavi anunciou deixar a equipa, no final da época – acredita, que o treinador do Sporting tem um processo de jogo semelhante ao do espanhol, mas crê faltar experiência.

Em entrevista ao jornal semanário ‘Nascer do Sol’, o antigo internacional português – agente de Raphinha, antigo jogador do Clube de Alvalade -, reconhece que, “para já, todas as hipóteses estão em cima da mesa”, incluindo a possibilidade de um treinador português.

“Mas que treinador português? Quantos treinadores portugueses estão preparados para o peso e responsabilidade de assumirem o comando do Barcelona, especialmente deste Barcelona com todas as dificuldades que enfrenta? Sei que Rúben Amorim está a fazer um bom trabalho no Sporting e que, além disso, joga com um estilo semelhante ao nosso. Mas também tem muito pouca experiência”, atirou Deco.

“Estamos a enfrentar graves problemas financeiros e essa foi uma das razões pelas quais fui contratado. Não temos dinheiro para os investimentos realizados por outros clubes milionários, o que desmotiva qualquer treinador que venha com a vontade de ganhar tudo imediatamente. Infelizmente, não podemos fornecer os meios necessários para isso, pelo menos não nesta fase”, concluiu o antigo centrocampista, que também representou os culés, durante quatro temporadas.

Rúben Amorim chegou ao Sporting em março de 2020, oriundo do Braga, a troco de uma verba a rondar os 10 milhões de euros. Desde então, o técnico português contabiliza 190 encontros, dos quais venceu 132, empatou 28 e perdeu 30, tendo conquistado quatro títulos: um Campeonato Nacional (2020/21), duas Taças da Liga (2020/21 e 2021/22) e uma Supertaça Cândido de Oliveira (2021/22).

  Comentários