REGRESSO À VISTA? RÚBEN AMORIM PODE TER REFORÇO DE PESO JÁ NO PRÓXIMO CONFRONTO E TEM MOTIVOS PARA SORRIR
Treinador leonino prepara a equipa para o embate que se avizinha frente ao Arouca na Liga Portugal Betclic
Redação Leonino
Texto
8 de Março 2024, 07:48
Rúben Amorim, Sporting, Atalanta, Liga Europa

O jogo do Sporting contra o Arouca no domingo, às 18h00, é a principal prioridade de Rúben Amorim, que não hesitou em poupar jogadores no confronto com a Atalanta, buscando assim apresentar a equipa mais fresca possível na 25ª jornada do campeonato. Gonçalo Inácio e Pedro Gonçalves, jogadores lesionados, podem ver um possível regresso.

Nas contas do treinador, também entram Gonçalo Inácio e Pote, dupla que tem estado sob os cuidados do departamento médico, com sinais de fadiga muscular, mas ambos numa corrida contra o tempo para poderem regressar à competição na etapa especial da Serra da Freita.

O jovem central canhoto, de 22 anos, encontra-se numa fase mais avançada do processo de recuperação. Após ter sido substituído ao intervalo no jogo contra o Rio Ave, em Vila do Conde, o jogador falhou os confrontos com Benfica, Farense e Atalanta. Em princípio, caso não ocorra nenhum imprevisto, o internacional irá regressar à lista de convocados no próximo sábado, dia 9 de março, e é até provável que seja a surpresa no treino que a equipa vai realizar esta sexta-feira, em Alcochete.

Quanto a Pote, também está a pagar o preço do calendário exigente da equipa do Sporting, e a sua utilização só deverá ser decidida na véspera do desafio. O jogador transmontano, de 25 anos, é um dos mais utilizados no plantel, juntamente com Inácio, e proporciona várias opções táticas a Rúben Amorim, podendo jogar tanto no meio-campo como no ataque. Se apresentar os índices físicos mínimos necessários para voltar, a convocação do internacional português é certa, mesmo que comece no banco. Quanto ao número 8, a decisão só será tomada no sábado, após o último teste físico e uma conversa com o jogador.

Após a visita a Arouca, o Sporting terá de viajar para Itália e, antes da pausa FIFA, enfrentará o Boavista em casa. O calendário prevê-se difícil para os leões que, no distrito de Aveiro, muito provavelmente, só contarão com uma única ausência: a de António Adán, atualmente substituído por Franco Israel.

Imagem de destaque
  Comentários