Corner Left

Receba, em primeira mão, as principais notícias do Leonino no seu WhatsApp!

WhatsApp Seguir

Modalidades

SPORTING NO FEMININO: ATLETISMO SALVA HONRA DO CONVENTO

Modalidades femininas tiveram um fim de semana negativo. Leoas do atletismo foram o grande destaque sagrando-se campeãs nacionais pela 10.ª vez consecutiva

Leonino - Onde o Sporting é notícia
Leonino - Onde o Sporting é notícia

  |

Icon Comentário0

As modalidades femininas do Sporting CP não tiveram um fim de semana, 22 e 23 de fevereiro, nada positivo. Exceção feita às leoas do atletismo, que se sagraram campeãs nacionais pela 10.ª vez consecutiva, o futsal empatou a cinco frente ao GCR Nun’Álvares e o voleibol foi derrotado, por 3-1, diante do Clube Kairós.

Atletismo revalida título pela 10.ª vez consecutiva

A equipa feminina de atletismo do Sporting CP não teve grandes dificuldades e revalidou, de forma autoritária, o título nacional pela 10.ª vez seguida. A competição, que se realizou no Altice Fórum, em Braga, as leoas terminaram com uma vantagem de 16 pontos para a segunda classificada, SC Braga.


No primeiro dia, a turma de alvalade venceu seis das oito provas realizadas, com destaque para Anabela Neto, no salto em altura, com 1,75 metros; Evelise Veiga, no salto em comprimento, com 6,32 metros; Lorene Bazolo, nos 60 metros, com 00:07.39; Mariana António, nos 60 metros barreiras, com 00:08.77; Cátia Azevedo, nos 400 metros, com 00:53.11. No segundo dia de competição, as leoas venceram seis das sete provas, nomeadamente Auriol Dongmo, no peso 4kg, com 18,08 metros; Patrícia Mamona, no triplo salto, com 13,86 metros; Marta Onofre, no salto à vara, com 4,30 metros; Olímpia Barbosa, nos 60 metros barreiras, com 00:08.44; Cláudia Bobocea, nos 800 metros, com 02:06.51 e ainda a estafeta de 4x400 metros, com 03.37.70.

Desta forma, as leoas sagraram-se novamente campeãs nacionais e revalidaram o título pelo 10.º ano consecutivo.


Futsal empata em festival de golos

No sábado, 22 de fevereiro, a equipa feminina de futsal do Sporting CP deslocou-se até Fafe para defrontar o GCR Nun’Álvares. As leoas até saíram na frente do marcador, com golos de Débora Lavrador e Kika, aos quatro e dez minutos, respetivamente. No entanto, permitiram a recuperação da equipa adversária, que conseguiu empatar novamente encontro. De seguida, Kika, por duas vezes, fez o gosto ao pé e colocou o conjunto de Rui Ferreira a vencer por 4-2. Todavia, as leoas permitiram nova recuperação e desta vez deixaram o GCR Nun’Álvares passar para a frente do marcador (5-4). Já bem perto do final, a capitã Cátia Morgado, de grande penalidade, fechou as contas em cinco golos para cada lado.

Com este empate, o Sporting CP soma agora quatro pontos e ocupa a quarta posição do Campeonato Nacional. No topo da classificação, cada vez mais longe, estão o SL Benfica e o Santa Luzia FC, com nove pontos. Na próxima jornada, a turma de Alvalade recebe, no Pavilhão João Rocha, precisamente o Santa Luzia FC. O jogo realiza-se dia 29 de fevereiro, sábado, pelas 18h00.

Voleibol compromete sonho do play-off

Por sua vez, o voleibol feminino do Sporting CP deslocou-se até aos Açores para defrontar o Clube Kairós. Num primeiro set bastante disputado, o conjunto de Rui Pedro Costa acabaria por ser derrotado por 25-23. Todavia, no segundo parcial, as leoas impuseram-se com bastante autoridade e triunfar por 25-17. Nos últimos dois sets, também eles bastantes equilibrados, as açorianas venceram por 25-20 e 25-23 acabando, assim, por levar a melhor sobre as leoas.

Desta forma, o sonho do play-off fica bastante complicado visto que o Sporting CP está no quinto lugar, com 42 pontos, e no quarto lugar, o último que dá acesso à fase de apuramento do campeão nacional, encontra-se a AVC Famalicão, com 45 pontos. Na última jornada, o voleibol feminino do Clube de Alvalade recebe, no Pavilhão João Rocha, no próximo domingo, 1 de março, pelas 16h00, o Boavista FC, que se encontra no penúltimo lugar do Campeonato Nacional, com 13 pontos. Por sua vez, a AVC Famalicão defronta o GC Vilacondense. Para seguir para os play-offs, o Sporting CP precisa de ganhar o seu jogo por 3-0 e esperar que a AVC Famalicão não ganhe dois sets porque, se o fizer, soma um ponto e garante automaticamente o quarto lugar.

O hóquei em patins feminino não entrou em rinque no passado fim de semana.


Modalidades

EXCLUSIVO LEONINO - SAÍDA DE PESO NO FUTSAL DO SPORTING: ALA DEIXA ALVALADE

Turma leonina pode vir a passar por várias mudanças ainda este verão

Equipa do Sporting vai passar por algumas baixas
Equipa do Sporting vai passar por algumas baixas

  |

Icon Comentário0

A equipa de futsal feminino do Sporting pode muito bem vir a sofrer uma saída de peso: Kika deverá deixar o Clube de Alvalade neste verão e o destino mais provável são os Leões de Porto Salvo, sabe o Leonino, que acabaram de garantir a subida à primeira divisão.

De acordo com fontes próximas do processo, a ala de 24 anos tem sido cobiçada pelo emblema de Oeiras, que irá marcar o seu regresso à Liga Placard Feminina na temporada que se avizinha, depois de ter descido em 2020/21 e ter passado duas épocas no segundo escalão da modalidade em Portugal.

Por esta altura, a ainda comandada de João Filipe Soares, terminou finalmente a temporada, depois de ter feito parte das convocadas da Seleção Nacional no mundial universitário de futsal, prova em que Portugal acabou por se sagrar vice-campeã, caindo apenas na final, com o Brasil.

Kika chegou ao Sporting em 2015/2016, oriunda do Quinta dos Lombos, tendo-se estreado na equipa principal das leoas em 2017/18 e acabado por sair, novamente para o clube de Carcavelos, em 2020/21. Regressou ao Clube de Alvalade ao fim de duas temporadas (22/23), tendo cumprindo a sua quinta época de verde e branco.

Na última temporada, a jogadora disputou 19 partidas pelo Sporting: 18 no Campeonato Nacional e um na Taça de Portugal, nos quais contabilizou seis golos. No total, ao longo dos seus anos de ligação ao Clube de Alvalade, Kika soma o total de 120 jogos, 68 tentos e seis assistências.

A época não correu de feição à equipa feminina do Sporting. As leoas acabaram por ficar pelo caminho ainda nos quartos-de-final do playoff da competição, onde foram eliminadas pela Novasemente, por 2-1, depois de terem terminado a fase regular na sexta posição, com 33 jogos conquistados em 22 partidas disputadas: 11 vitórias e 11 derrotas.



Modalidades

EXCLUSIVO LEONINO: CRAQUE COM 120 JOGOS PELO SPORTING TROCA ALVALADE POR RECÉM-PROMOVIDO

Atleta dos verdes e brancos pode muito bem mudar de ares na presente janela de verão

Estrutura do Sporting encontra-se a preparar as equipas para a próxima época
Estrutura do Sporting encontra-se a preparar as equipas para a próxima época

  |

Icon Comentário0

Kika, jogadora da equipa de futsal feminino do Sporting, prepara-se para deixar Alvalade na próxima temporada, sabe o Leonino. O nosso Jornal apurou que a internacional portuguesa pode muito bem vir a trocar o plantel verde e branco pelos Leões de Porto Salvo em 2024/25.

De acordo com fontes próximas do processo, a ala de 24 anos tem sido cobiçada pelo emblema de Oeiras, que irá marcar o seu regresso à Liga Placard Feminina na temporada que se avizinha, depois de ter descido em 2020/21 e ter passado duas épocas no segundo escalão da modalidade em Portugal.

Por esta altura, a ainda comandada de João Filipe Soares, terminou finalmente a temporada, depois de ter feito parte das convocadas da Seleção Nacional no mundial universitário de futsal, prova em que Portugal acabou por se sagrar vice-campeã, caindo apenas na final, com o Brasil.

Kika chegou ao Sporting em 2015/2016, oriunda do Quinta dos Lombos, tendo-se estreado na equipa principal das leoas em 2017/18 e acabado por sair, novamente para o clube de Carcavelos, em 2020/21. Regressou ao Clube de Alvalade ao fim de duas temporadas (22/23), tendo cumprindo a sua quinta época de verde e branco.

Na última temporada, a jogadora disputou 19 partidas pelo Sporting: 18 no Campeonato Nacional e um na Taça de Portugal, nos quais contabilizou seis golos. No total, ao longo dos seus anos de ligação ao Clube de Alvalade, Kika soma o total de 120 jogos, 68 tentos e seis assistências.


A época não correu de feição à equipa feminina do Sporting. As leoas acabaram por ficar pelo caminho ainda nos quartos-de-final do playoff da competição, onde foram eliminadas pela Novasemente, por 2-1, depois de terem terminado a fase regular na sexta posição, com 33 jogos conquistados em 22 partidas disputadas: 11 vitórias e 11 derrotas.



Modalidades

FRANCIS OBIKWELU, LENDA DO SPORTING, ARRASA ATLETAS EM PORTUGAL: “TÊM FALTA DE...”

Antigo desportista do Clube de Alvalade, em entrevista, não hesitou em criticar os jovens que praticam desporto

  |

Icon Comentário0

Francis Obikwelu, um dos grandes nomes do Sporting e um símbolo do atletismo português que garantiu a medalha de prata nos 100 metros em Atenas’2004, concedeu uma entrevista, na qual assumiu ser “muito difícil” Portugal voltar a ter um atleta como ele, uma vez que vê “falta de disciplina e espírito de sacrifício nos jovens”.

“Hoje em dia, é difícil [Portugal voltar a ter um grande velocista]. Porque temos jovens talentos, mas não têm disciplina. Eles não têm espírito de sacrifício. Naquela altura, só tínhamos pista coberta aqui. Treinávamos ao frio, à chuva", recordou o também recordista nacional dos 100 e 200 metros.


Em conversa com os jornalistas após uma visita à residência do Centro de Alto Rendimento do Jamor (CAR Jamor), em Oeiras, Francis Obikwelu acrescentou ainda que “não lhes falta nada, mas estão sempre a queixar-se. Na minha altura, nem havia massagens, doía e continuávamos a treinar. Não há outra forma. Isso vai tornar muito difícil ter um grande atleta como eu”.


O antigo atleta, que tem atualmente 45 anos, lembrou ainda que os jovens “têm tudo – ginásio, sauna – mas não há resultados”. “Não há disciplina. Quando no inverno está a chover, ninguém quer treinar fora, porque apanham gripes. Isso é que falta aos jovens. Nós, como geração de pais, estamos a falhar em transmitir-lhes disciplina e rigor”, destacou Obikwelu., garantindo que ele próprio ‘absorveu’ aqueles valores nos anos em que viveu na residência do CAR.

Para terminar, o antigo atleta do Sporting admite que viveu um “dia simbólico” ao visitar a sua “segunda casa”. “Muita gente não percebe qual é o significado do Centro Alto Rendimento. Estão aqui jovens, aprendem disciplina, rigor. É um sítio fantástico. Hoje em dia, já não falta nada [no CAR]. Tem o ginásio, tem tudo ao lado. Cresceu muito e acho que vai crescer mais", ponderou.



envelope SUBSCREVER NEWSLETTER


ALLAN GUILHERME A CAMINHO DO SPORTING? NOVIDADES SOBRE FUTURO DO PIVÔ DO BRAGA
Modalidades

ALLAN GUILHERME A CAMINHO DO SPORTING? NOVIDADES SOBRE FUTURO DO PIVÔ DO BRAGA

 

Icon Comentário0
OFICIAL! TROCOU SPORTING PELO PORTO, PARTIU BRAÇO A EX COMPANHEIRO E AGORA... RENOVA COM VILLAS-BOAS
Modalidades

OFICIAL! TROCOU SPORTING PELO PORTO, PARTIU BRAÇO A EX COMPANHEIRO E AGORA... RENOVA COM VILLAS-BOAS

 

Icon Comentário0
INSTALA-SE A DÚVIDA EM ALVALADE: IMPRESCÍNDIVEL DO SPORTING PODE OPTAR PELA SAÍDA
Modalidades

INSTALA-SE A DÚVIDA EM ALVALADE: IMPRESCÍNDIVEL DO SPORTING PODE OPTAR PELA SAÍDA

 

Icon Comentário0