VAMOS A ISSO! EQUIPA DO SPORTING ESTÁ DE TOTAL MIRA APONTADA A QUEBRAR DUPLO FANTASMA NOS GRANDES PALCOS EUROPEUS
Clube de Alvalade estreia-se, esta quarta-feira, nos oitavos-de-final da presente edição de competição internacional
Redação Leonino
Texto
6 de Março 2024, 07:56
Morten Hjulmand, Viktor Gyokeres, Matheus Reis, Marcus Edwards, Gonçalo Inácio, Ousmane Diomade, Sporting, Young Boys, Liga Europa

O Sporting defronta, esta quarta-feira, a Atalanta, numa partida relativa à primeira mão dos oitavos-de-final da Liga Europa. Para além de querer controlar a eliminatória desde cedo, os leões têm a mira apontada à quebra de um autêntico fantasma na história dos verdes e brancos.

Em fases avançadas da competição internacional, o Clube de Alvalade soma um rendimento aquém das expetativas, isto porque, nunca alcançou por duas temporadas consecutivas os quartos-de-final da Liga Europa e pode estar prestes a fazê-lo, uma vez que, ao eliminar a Atalanta, os leões apuram-se para esta fase pelo segundo ano seguido. Recorde-se que na época transata, o Sporting deixou o Arsenal pelo caminho numa eliminatória repleta de emoções.

O registo é também negativo no que toca à taxa de sucesso da passagem aos quartos-de-final, isto porque, em 11 presenças, os leões foram eliminados por 13 ocasiões. Na época 2022/23 a história repetiu-se, e a turma de Rúben Amorim caiu para os italianos da Juventus, às portas das meias-finais do torneio.

Atalanta e Sporting medem forças, pela terceira vez esta temporada, na Liga Europa, com uma derrota e um empate para o lado dos leões. O Clube de Alvalade irá querer contradizer o histórico recente junto de equipas italianas, do qual enfrenta um autêntico calvário.

Recorde-se que para chegar aos oitavos-de-final, o Sporting ficou no segundo posto do grupo D com 11 pontos conquistados em seis partidas (três vitórias, dois empates e uma derrota) da competição europeia e disputou, juntamente com o Young Boys, um passaporte para a fase referida. Os verdes e brancos levaram a melhor perante os suíços (4-2) agregado, numa eliminatória resolvida a duas mãos.

Na época transata, o Clube de Alvalade fez história nesta precisa fase da Liga Europa ao eliminar o Arsenal, que era um forte candidato ao título inglês. Paulinho, Gonçalo Inácio e Pote fizeram os golos, num duplo embate que foi resolvido na marca das grandes penalidades.

Imagem de destaque
  Comentários