“BENFICA CONSEGUIU ANULAR” O SPORTING? EX-JOGADOR DOS LEÕES FAZ AVISO A AMORIM ANTES DO DÉRBI
Antigo futebolista lançou o dérbi entre leões e águias que pode vir a ser preponderante nas contas da Liga Portugal Betclic
Redação Leonino
Texto
5 de Abril 2024, 13:00
Rúben Amorim, Sporting, Liga Europa, Atalanta, Federação Portuguesa de Futebol

Depois do dérbi da passada terça-feira, dia 2, no Estádio da Luz, o conjunto de Rúben Amorim volta a enfrentar o Benfica este sábado, desta vez em Alvalade. Em antevisão do jogo decisivo, Francisco Barão, antigo jogador dos leões, escreveu no jornal desportivo Record que o “Sporting pode tranquilizar” em casa.

“A competição é outra, logo a forma como as equipas vão a jogo também vai ser diferente. Outro dérbi, com ideias diferentes e que pode mexer com a classificação. Acima de tudo, as equipas têm de pontuar para de um lado tranquilizar e do outro recuperar”, apontou o futebolista retirado, que alinhou a serviço do Sporting entre 1975/76 e 1982/83.

O antigo defesa procedeu à análise do último jogo entre leões e águias, elogiando alguns aspetos da equipa de Amorim, mas admitindo que os pupilos de Roger Schmidt conseguiram levar a melhor: “O Sporting é muito forte na saída de bola e no controlo do jogo, foi isso que o Benfica conseguiu anular no último encontro e também ao contrariar o sistema do Sporting”.

O ex-lateral direito do Clube de Alvalade crê que o próximo encontro entre os dois rivais pode ditar o futuro do campeonato português: “Se o Sporting ganhar ao Benfica, e com o jogo em atraso que tem, fica com uma distância muito confortável. Se o Benfica sonha com o primeiro lugar, este é um jogo muito importante”, afirmou.

Os verdes e brancos voltam a jogar no sábado, dia 6 de abril, diante do Benfica. O segundo encontro da semana diante dos encarnados, a contar para a jornada 28 da Liga Portugal Betclic, tem pontapé de saída agendado para as 20h30, no Estádio José Alvalade e é crucial nas contas do campeonato nacional.

De momento, o Sporting lidera a competição, com 68 pontos, mais um do que o eterno rival, que tem 67. O Porto fecha o pódio, com 58. Vale recordar que, à exceção do Famalicão, todas as equipas em prova têm um jogo a mais do que a turma de Rúben Amorim.

  Comentários