CARLOS MOEDAS APLAUDE TEMPORADA REALIZADA PELO SPORTING E DESTACA TRÊS FUTEBOLISTAS
Clube de Alvalade foi recebido pelo Presidente da Câmara Municipal de Lisboa nos Paços do Concelho
Redação Leonino
Texto
20 de Maio 2024, 19:16
Rúben Amorim, Sporting, Carlos Moedas

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, discursou esta segunda-feira nos Paços do Concelho, onde deixou elogios à equipa do Sporting, nomeadamente a Frederico Varandas, Rúben Amorim e a três jogadores verdes e brancos: Sebastián Coates, Luís Neto e Antonio Adán.

“Senhor presidente do Sporting Clube de Portugal, meu querido Frederico Varandas. Prometeste e cumpriste. Um grande obrigado! Caros jogadores, equipa, senhoras e senhoras, Sportinguistas: bem-vindos, campeões! Bem-vindos a esta casa que também é vossa”, começou por dizer.

“Hoje, Lisboa é verde e branca. Hoje, a cidade vive a glória do Sporting Clube de Portugal, que vem do esforço, dedicação e muita devoção. Hoje, esta praça está cheia. Dia 5 o Marquês esteve cheio, cheio de felicidade, de alegria, que se espalhou pelos corações de milhões em todo o país, em todo o mundo, em todos os continentes”, continuou.

“Estes campeões foram liderados por alguém com essa raça, por quem hoje é um verdadeiro leão, o Rúben Amorim! O Rúben, quando foi apresentado, disse aquela frase história ‘e se corre bem?’. Disse que não seria mais um no clube e passaram quatro anos. Já foi campeão duas vezes. Hoje não é mais um. É um vencedor, um campeão e um ídolo.

“Permitam-me palavras especiais a três figuras enormes desta equipa, três jogadores que representam esta união única. Ao Sebastián Coates, El Patron!. Nos momentos mais difíceis nunca desististe, ficaste sempre, deste sempre a cara. És um verdadeiro exemplo do que é ser um líder.

“Ao Antonio Adán, o homem que entrou campeão e saiu campeão! Antonio, fizeste o último jogo pelo Sporting mas tenho a certeza que vais ficar no coração de todos. E Luís Neto! Disseste que este caminho começou no dia 26 de maio de 2023, no dia em que a equipa disse que nada ia ser igual e nada foi igual.

“Se há alguém que merece essa coragem e merece viver esse sonho é o grande Manuel Fernandes. Meus queridos amigos, com o voto de todos os vereadores vamos atribuir a medalha da cidade ao Manuel Fernandes, essa lenda, esse eterno capitão que hoje passa um momento difícil. Obrigado por lhe darem essa alegria (…) Viva o Sporting, viva os nossos campeões, viva Lisboa, viva Portugal!”.

  Comentários