EXIGÊNCIAS DO SPORTING AFASTAM GIGANTE DE CRAQUE DE RÚBEN AMORIM: FREDERICO VARANDAS NÃO ESTÁ PARA BRINCADEIRAS
Emblema terá, para já, desistido de contratar jogador que é peça fundamental dos verdes e brancos
Redação Leonino
Texto
25 de Janeiro 2024, 08:06
Rúben Amorim, Frederico Varandas, Hugo Viana, Sporting

O Chelsea não vai avançar para a contratação de Ousmane Diomande neste mercado de janeiro. De acordo com o jornal ‘O Jogo’, o facto de o Sporting, liderado por Frederico Varandas, estar a exigir o valor da cláusula de rescisão, 80 milhões de euros, afastou o emblema londrino, que não está disposto a investir essa verba no defesa-central.

“O Chelsea está a pensar reforçar o eixo defensivo e Diomande é um dos alvos. O clube tem observado o jogador, tal como Inácio e Gyokeres, mas o investimento neste mercado será improvável. O valor da cláusula de rescisão, 80 milhões de euros, é para onde aponta a SAD verde e branca e o Chelsea não está disponível a pagar tanto”, refere o diário desportivo.

Recorde-se que o defesa-central está, ao dia de hoje, Ousmane Diomandé está a representar a Costa do Marfim no CAN. Apesar de só ter vencido um jogo, a seleção do jogador leonino seguiu em frente e, nos oitavos-de-final, terá pela frente o Senegal (29 de janeiro, às 20h00).

Esta temporada, Ousmane Diomande – avaliado em 40 milhões de euros – tem sido peça muito importante para Rúben Amorim, levando 21 encontros (1.755 minutos) realizados, nos quais apontou dois golos (Moreirense e Sturm Graz) e fez uma assistência (Braga).

Diomande chegou ao Sporting em janeiro de 2023, oriundo do Midtjylland (estava emprestado ao Mafra), a troco de 7,5 milhões de euros por 50% dos direitos económicos, mais 5 por objetivos. Ao todo, o defesa-central conta com 38 encontros de verde e branco, três finalizações certeiras e um passe para golo.

  Comentários