LESÃO DE MATHEUS REIS ‘ABRE PORTAS’ PARA NOVA TITULARIDADE NA ALA DO SPORTING
Camisola 2 do Clube de Alvalade encontra-se a contas com um problema na coxa esquerda
Redação Leonino
Texto
14 de Abril 2024, 07:34
Matheus Reis, Emil Holm, Sporting, Atalanta, Liga Europa

Matheus Reis, lateral do Sporting, encontra-se a contas com uma lesão na coxa esquerda e foi baixa na goleada do Clube de Alvalade ao Gil Vicente por 4-0. No rescaldo da partida, Rúben Amorim, treinador dos verdes e brancos, informou que este seria ausência pelo menos durante dois embates o que abre portas a Nuno Santos.

O camisola 11 dos leões foi também ausência em Barcelos, pois, apesar de não ter jogado diante do Benfica, foi sancionado no banco de suplentes com um cartão amarelo e cumpriu assim suspensão. Com o castigo cumprido e sem Matheus Reis, o ala de 29 anos agarrará a titularidade em Famalicão e também frente ao Vitória de Guimarães.

Segundo a edição deste domingo do Jornal Record, a cartolina amarela vista por Nuno Santos, criou em si mesmo um sentimento de frustração por estar indisponível para um dos duelos decisivos que o Sporting teve pela frente. Ataca agora as últimas jornadas naquela que será a série mais fulcral da atual temporada verde e branca.

Esta temporada, Nuno Santos  avaliado em 12 milhões de euros , leva já 43 encontros com a Listada verde e branca tendo marcado seis golos (Farense, Dumiense,  Vitória de Guimarães, Braga, Boavista e Estrela da Amadora) e feito 12 assistências, sendo um dos jogadores mais utilizados por Rúben Amorim.

Ao todo, desde que chegou ao Sporting, oriundo do Rio Ave a troco de uma verba muito perto dos 4 milhões de euros, Nuno Santos contabiliza 179 partidas, 33 finalizações certeiras, 37 passes para golo e quatro títulos conquistados: um Campeonato Nacional (2020/21), uma Supertaça Cândido de Oliveira (2021) e duas Taças da Liga (2020/21 e 2021/22).

O Sporting volta a entrar em campo na próxima terça-feira, 15 de abril, em Famalicão, em duelo relativo à 20.ª jornada. Recorde-se que este jogo estava inicialmente marcado para o passado 3 de fevereiro, mas por falta de policiamento no local, este não teve condições de ser realizado.

  Comentários