MAX: A HISTÓRIA DE UM TALENTO QUE PROMETE SER CERTEZA
São já quase dez anos que ligam o Sporting CP e Luís Maximiano
Redação Leonino
Texto
20 de Março 2019, 12:30

Luís Manuel Arantes Maximiano. É este o nome do jovem de 20 anos que é agora o titular da baliza do Sporting CP. Nascido a 5 de janeiro de 1999, Max, como é mais conhecido no mundo do futebol, é natural de Celeiros, uma pequena freguesia do concelho de Braga com cerca de 3 mil habitantes.

Em 2012, com apenas 13 anos, chegou a Alcochete, proveniente do SC Braga. Desde então, já envergou a camisola do leão rampante mais de uma centena de vezes (125).

O crescimento de Maximiano tem sido progressivo e, hoje, é, cada vez mais, uma certeza da formação leonina. Tendo feito todo o seu percurso na formação dos leões – 24 jogos pelos iniciados, 16 pelos juvenis e 58 pelos juniores -, Max foi campeão em todos os escalões (iniciados, em 2012/2013; juvenis, em 2015/2016 e, juniores, em 2016/2017).

Fruto da sua inquestionável qualidade, Max é, desde 2015, presença assídua nas seleções nacionais. Apenas com 20 anos, o jovem leão conta já com 23 internacionalizações, tendo somado mais de 1700 minutos com a camisola lusa. Em 2016, sagrou-se Campeão da Europa de sub-17 pela seleção das quinas. No mesmo ano, e fruto desse título, foi distinguido com o Prémio Stromp, na categoria Europeu. Em 2017, recebeu novo galardão, mas, desta vez, na categoria Academia.

A estreia em competições profissionais aconteceu no dia 25 de outubro de 2017. Frente ao CD Nacional, em jogo a contar para a 12.ª jornada da então denominada Liga Ledman Pro, Max foi titular no empate, a uma bola, da equipa B do Sporting CP. Nessa geração, figuravam nomes como Ivanildo Fernandes, Merih Demiral, Jovane Cabral ou Rafael Leão.

Continuou o seu crescimento na equipa B e, posteriormente, nos sub-23, tendo realizado seis e 20 jogos, respetivamente. Simultaneamente, para além de treinar frequentemente com o plantel principal, ocupou a vaga de terceiro guarda-redes do plantel sénior.

A evolução de Max teve o seu momento maior no passado dia 26 de setembro de 2019. No jogo frente ao Rio Ave FC, para a Allianz Cup (Taça Liga), Luís Maximiano fez a sua estreia pela equipa principal do Sporting CP. Apesar do conjunto verde e branco ter saído derrotado, por 2-1, dessa partida, este é um dia que Max dificilmente esquecerá.

Desde esse momento, o jovem leão subiu na hierarquia e desde novembro que é titular indiscutível da baliza verde e branca. Max já leva 17 jogos como titular tendo relegado Renan Ribeiro para o banco de suplentes. O guarda-redes leonino tem feito fantásticas defesas, mas, em abono da verdade, também tem ficado mal na fotografia em alguns lances. Os adeptos do Sporting CP têm sido compreensivos, tal como aconteceu com Rui Patrício, e, mesmo quando as coisas não correm da melhor maneira, Max tem sentido o apoio dos melhores adeptos do mundo.

São inúmeros os especialistas que o apontam como o herdeiro natural da vaga deixada por Rui Patrício. Se assim será, apenas o futuro o dirá. Cabe a Luís Manuel Arantes Maximiano continuar a evoluir para que o futuro seja, como todos os Sportinguistas esperam, risonho e recheado de títulos.

Fotografia de Sporting CP.

  Comentários