“NUNCA PODEMOS FECHAR PORTAS”
Em entrevista ao jornal A Bola, André Geraldes, antigo dirigente do Sporting CP, não fechou a porta a um eventual regresso e falou sobre Bruno de Carvalho
Redação Leonino
Texto
1 de Junho 2020, 11:31

André Geraldes, antigo responsável pelo futebol do Sporting CP, concedeu uma entrevista ao jornal A Bola em que, entre outros temas, abordou a possibilidade de regressar a Alvalade.

“Nunca podemos dizer nunca. Nunca podemos fechar portas. Não é coisa que me tire o sono. Para já, estou a olhar para outro tipo de projetos, mas o futuro dirá se sim e como”, afirmou André Geraldes.

Questionado sobre se ainda mantém contacto com Bruno de Carvalho, o antigo dirigente do Farense explicou que a relação entre ambos, há cerca de dois anos, “esfriou bastante”. No entanto, André Geraldes frisou que tem “um grande respeito pelo trabalho” desenvolvido por Bruno de Carvalho e que “nenhum Sportinguista, no seu perfeito juízo, poderá dizer que Bruno de Carvalho não fez um grande trabalho no Sporting CP. Penso que fez”.

Contudo, André Geraldes disse também que o segundo mandato ficou marcado por alguns erros: “No último ano cometeu alguns erros (Bruno de Carvalho), penso que ele até já assumiu isso publicamente, talvez mais até ao nível comunicacional, mas o Sporting CP foi competitivo. E, modéstia à parte, também participei no projeto. Mas são factos”.

Por fim, instado a comentar a atual situação do Clube, André Geraldes afirmou que “o Sporting CP precisa de alguma paz. É complicado para mim analisar esta ou aquela direção, este ou aquele trabalho, confesso que não me sinto confortável para o fazer, nem me sinto nesse direito, mas é importante e urgente que o Sporting CP comece a contar para a competição em Portugal”.

  Comentários