NUNO SANTOS PODE MESMO GANHAR PRÉMIO PUSKÁS, MAS ALA DO SPORTING TEM CONCORRÊNCIA DE AVANÇADO DA PREMIER LEAGUE
Golo apontado pelo futebolista do Clube de Alvalade é um dos três finalistas ao galardão da FIFA
Redação Leonino
Texto
14 de Dezembro 2023, 18:32
Nuno Santos, Sporting

O golo de letra de Nuno Santos frente ao Boavista (3-0), na 24ª jornada da última temporada, está entre os três finalistas do prémio Puskás. O jogador tem a concorrência de Julio Enciso (Brighton) autor de um golos apontados ao Manchester City a 24 de maio, e de Guilherme Madruga (Botafogo-SP), que marcou um belo golo contra o Novorizontino, a 27 de junho, na Serie B brasileira.

No programa ‘ADN de Leão’, o jogador do Sporting exige que lhe seja feita uma estátua, caso vença o galardão da FIFA: “Se ganhar o Puskás têm de me fazer uma estátua, já que estou nomeado quero ganhar”, explicou o ala verde e branco, falando sobre o seu percurso em Alvalade.

“Num clube como o Sporting tem de haver projeto, e sem dúvida que há. Nós este ano estamos a trabalhar para isso, jogo a jogo, e tem sido assim desde que aqui cheguei…foi isso que sempre me transmitiram, a luta pelos títulos. Claro que individualmente também é importante mas isso do golo do ano… Eu quero é fazer mais golos e assistências”, disse.

Nuno Santos – avaliado em 14 milhões de euros – chegou ao Sporting em 2020, oriundo do Rio Ave, a troco de 3,75 milhões de euros por 80% do passe. Desde então, o ala contabiliza 156 jogos de leão ao peito, tendo marcado 30 golos e 30 assistências, conquistando quatro títulos.

Na presente temporada, o ala leva um total de 1.084 minutos, divididos por 20 encontros: 12 no Campeonato Nacional, cinco na Liga Europa, dois na Taça de Portugal e outro na Taça da Liga. Nestes jogos, o português marcou três golos e fez cinco assistências.

Imagem de destaque
  Comentários