PALHINHA BATE WILLIAM, DANILO E RÚBEN NEVES
A estreia do médio do Sporting na seleção está ao virar da esquina. Números mostram enorme superioridade em relação à concorrência. Análise Leonino
Duarte Pereira da Silva
Texto
22 de Fevereiro 2021, 15:56
summary_large_image

João Palhinha tem sido um dos pilares da excelente campanha do Sporting na edição 2020/21 da Liga NOS e está às portas da seleção A. Fernando Santos já teve oportunidade de observar o médio ‘in loco’ e, ao que tudo indica, Palhinha estará mesmo debaixo de olho do selecionador nacional. O Leonino analisou os números do jogador formado em Alvalade e comparou-os com os mais diretos concorrentes (Rúben Neves, Danilo Pereira e William Carvalho).

Na conferência de imprensa do último encontro, Rúben Amorim não poupou nos elogios ao seu pupilo: “Ele (Palhinha) tem características diferentes de todos os jogadores da seleção. Mesmo o Danilo, sendo um médio defensivo, é diferente do Palhinha. Portanto, é mais uma opção, mas não me vou meter nas escolhas do míster Fernando Santos. Agora, o Palhinha tem condições e características diferentes de todos os jogadores. Sendo meu jogador, gostaria de o ver lá”.

Se tivermos em conta a média de minutos realizados por jogo na temporada 2020/21, João Palhinha leva vantagem sobre os seus homólogos: Palhinha (75,7 min.), Rúben Neves (72,5 min.), Danilo Pereira (58 min.) e William Carvalho (56,2 min.).

Se a esta análise juntarmos outras variáveis, como os duelos individuais ganhos, recuperações de bola, interceções e bolas áreas ganhas, Palhinha distancia-se ainda mais sobre os companheiros de posição (dados jornal ´Record´).

Esta época, depois de ter estado com pé e meio fora de Alvalade e de ter sido infetado com Covid-19, João Palhinha renovou e assumiu-se como uma das principais figuras do Sporting, tendo 24 jogos realizados (1.816 minutos) e dois golos marcados.

Fotografia de Sporting

  Comentários