PRESOS POR ARAMES? DUPLA DO SPORTING JOGOU CONDICIONADA FRENTE AO PORTO E COM VÁRIAS PROTEÇÕES
Pupilos de Rúben Amorim poderão necessitar de uma maior gestão, mas não estão confirmadas quaisquer lesões
Redação Leonino
Texto
29 de Abril 2024, 10:30
Koba, Trincão, Fresneda, Paulinho, Gyokeres, Nuno Santos, Morita, Hjulmand, Coates, Sporting, Porto, Frederico Varandas

Hidemasa Morita e Francisco Trincão jogaram condicionados diante do Porto, o médio e o avançado do Sporting tiveram de ir a jogo no Estádio do Dragão com proteções em zonas específicas do corpo: o médio na mão e o avançado na coxa.

O ‘camisola 5’ já havia apresentado a mão ligada no embate com o Vitória de Guimarães e parece ainda não estar totalmente recuperado. No final do embate diante dos minhotos, Rúben Amorim revelou que o motivo de tal derivava de uma pancada que o nipónico tinha levado no treino, não explicando a mazela em concreto ou a gravidade da mesma.

Já Francisco Trincão jogou com uma coxa elástica na perna direita, não sendo conhecido o motivo. O extremo esteve lesionado durante o decorrer da temporada, após ter contraído um traumatismo no pé esquerdo, diante do Rio Ave – lesão que em nada justifica a proteção da coxa direita.

Esta temporada, Hidemasa Morita – avaliado em 13 milhões de euros – leva 36 jogos (2.545 minutos): 26 na Liga Portugal Betclic (1.971), sete na Liga Europa (441) e três na Taça de Portugal (133). O médio do Sporting marcou dois golos (Arouca e Moreirense) e fez quatro assistências (Rio Ave, por duas ocasiões, Vitória de Guimarães e Portimonense).

Já Francisco Trincão – avaliado em 14 milhões de euros – subiu bastante o seu rendimento após o mercado de inverno. Na presente temporada, leva já 44 encontros disputados, num total de 2.658 minutos dentro das quatro linhas, ao longo dos quais registou nove remates certeiros – dois com o seu pior pé, o direito – e outras tantas assistências para os companheiros de equipa.

  Comentários