RÚBEN AMORIM 'ENFRENTA' DOR DE CABEÇA: TÉCNICO DO SPORTING COM DUAS AUSÊNCIAS NO TREINO
Timoneiro português já orientou o primeiro treino de preparação para duelo com Famalicão
Redação Leonino
Texto
14 de Abril 2024, 17:26
Rúben Amorim, Sporting, Liverpool, West Ham

Depois da goleada do Sporting ao Gil Vicente por 4-0, Rúben Amorim regressou à Academia Cristiano Ronaldo para começar a preparação à deslocação dos leões ao terreno do Famalicão. Nesse sentido, o técnico português conta, para já, com duas baixas de peso.

Segundo informa o jornal Record, Matheus Reis e Antonio Adán são as ausências para o encontro com a turma de Vila Nova de Famalicão. Ambos recuperam de lesões musculares, o que os coloca fora das opções de Rúben Amorim, integrando, assim, o boletim clínico do Sporting.

O restante plantel da Listada verde e branca encontra-se na máxima força e às ordens do treinador leonino. Quanto ao adversário, é importante recordar que os minhotos vão receber o Clube de Alvalade depois de terem empatado com o Porto, por duas bolas, na última jornada da Liga Portugal Betclic.

Este encontro é referente à ronda 20 do Campeonato Nacional, que não aconteceu e foi adiado para o próximo dia 16 de abril, terça-feira. O jogo vai acontecer no Estádio Municipal de Famalicão e o pontapé de saída está agendado para as 20h15. O último treino acontece na segunda-feira, dia 15, pelas 10h30, sendo que, ao 12h30, ocorre a conferência de antevisão de Rúben Amorim.

Esta temporada, Matheus Reis – avaliado em 8 milhões de euros – leva 44 encontros: 25 no Campeonato Nacional, 10 na Liga Europa, seis na Taça de Portugal e três na Taça da Liga. Nos 2.717 minutos em que esteve dentro das quatro linhas, o brasileiro fez cinco assistências para golo.

Ao todo, desde que chegou ao Sporting oriundo do Rio Ave, em janeiro de 2021, Matheus Reis realizou 154 partidas, marcou três golos, fez sete assistências e conquistou três títulos: um Campeonato Nacional, uma Supertaça Cândido de Oliveira e uma Taça da Liga. O ala tem contrato com o Clube de Alvalade até junho de 2026 e uma cláusula de rescisão de 45 milhões de euros.

  Comentários